Dicas e tendências para abrir uma loja de roupas em 2021

Algumas ações são essenciais para abrir uma loja de roupas de sucesso, como conhecer seu público, escolher o lugar ideal e observar tendências. Acompanhe este artigo e prepare-se.

Abrir loja de roupas

Como todo empreendimento, abrir uma loja de roupas também exige planejamento. Sem passar por essa etapa tão importante, é muito raro que um negócio dê certo. É planejando que você conseguirá ter bases sólidas para executar cada ação da empreitada, ainda antes da sua abertura.

Neste artigo, abordamos perguntas que você deve fazer para estruturar um bom planejamento. Também falamos sobre burocracias que merecem atenção e citamos itens que não podem faltar para montar a loja.

Além disso, sugerimos como fazer a divulgação da sua marca e contamos algumas tendências para este ano. São várias dicas que consideramos essenciais para quem está começando, com foco no ramo do vestuário. Vamos lá?

O que precisa para abrir uma loja de roupas

A primeira pergunta que você deve fazer, que é até mesmo óbvia, mas necessária, é que tipo de roupa você pretende vender e quem está interessado em comprá-las.

Uma coisa leva a outra. Se você deseja, por exemplo, focar em plus size, precisará buscar determinados fornecedores para entregar novidades a esse público específico e tendências que ele deseje e queira encontrar. E para saber o que essas pessoas buscam, precisará conhecê-las, para saber como agradar.

Pesquisa de mercado

Você pode fazer pesquisas com seus possíveis clientes, para estar ciente sobre seus hábitos, que idade têm, se para eles importa mais preço ou qualidade, por exemplo. Conheça para quem você pretende vender. Todas essas informações serão relevantes para qualificar suas vendas e estruturar seu negócio.

Inclusive estude a concorrência. Quem já atua nesse mercado? Onde fica, como trabalha, o que vende? Ao estudar seus concorrentes, poderá entender quais são seus pontos fracos e fortes, oferecendo algum diferencial que eles não oferecem. Enfim, faça uma pesquisa de mercado.

Com ela, você poderá identificar o que deu ou não certo para a concorrência, aproveitando para entender o que o mercado gosta ou não, apenas observando sua atuação.

Escolha do ponto ideal

Essa pesquisa também levará à escolha do local da sua loja. Você descobrirá se é válido abrir uma loja próxima ao seu concorrente ou mais distante, além de avaliar outras questões, como o valor do aluguel, mesmo que seja o ponto dos seus sonhos.

Talvez possa até mesmo descobrir que uma loja online pode ser mais promissora do que uma loja física, o que, claro, demanda outro tipo de planejamento.

Quanto ao ponto certo, é necessário visitar o local em vários dias da semana e em horários diferentes, para entender como funciona o movimento da rua. Saiba onde estão todos os concorrentes, claro, e pergunte aos moradores sobre a segurança do bairro, se ele costuma passar ou não por assaltos com frequência.

Por fim, pergunte-se se o local é de fácil acesso também. Por exemplo, se a maioria dos seus clientes têm carro, eles terão onde estacionar? Pessoas com deficiência conseguem acessar seu ambiente?

Quanto custa abrir uma loja de roupas

Depois de estruturar o negócio pensando no público-alvo e como se diferenciar no mercado, você precisará pensar em questões mais burocráticas. Elas envolvem o nome e a regularização da sua loja.

Um nome autêntico pode fazer toda diferença. Você pode inclusive fazer uma pequena lista de nomes e depois aplicar uma pesquisa com potenciais clientes, para saber qual os agrada mais. Depois de escolhê-lo, você precisará seguir algumas etapas para registrar sua marca, que podem ser realizadas de forma online.

Além disso, você não pode atuar na informalidade. Cadastre-se como MEI (Microempreendedor Individual), micro ou pequena empresa. Apesar de ser uma burocracia, saiba que existem muitas vantagens em abrir um negócio regularizado.

Com um CNPJ, você pode abrir conta bancária como pessoa jurídica, conseguindo mais facilidade para empréstimos e pode emitir notas fiscais, transmitindo uma imagem muito mais profissional.

Já o valor que você vai gastar para abrir uma loja de roupas varia. É possível começar com investimentos baixos como R$ 5 mil e ir aprimorando a loja, bem como aplicar um montante maior, como de R$ 30 mil, oferecendo um ambiente mais completo e com variedade. Mas é tudo uma média.

Para definir o quanto você deverá gastar, também é preciso incluir a parte financeira no seu planejamento, ou seja: faça um planejamento financeiro.

Realize o levantamento dos investimentos para montar o negócio e evitar despesas que depois talvez não consiga pagar. Lembre-se de que precisará passar pelos primeiros meses após a inauguração, quando a loja possivelmente ainda não estará faturando tão bem. Atue com cautela.

Como montar uma loja de roupas

Falando da parte mais prática, para montar a sua loja e expor os produtos, você basicamente precisará comprar:

  • Araras
  • Balcões
  • Cabides
  • Computadores
  • Estantes
  • Espelhos
  • Manequins
  • Prateleiras
  • Provadores com cortinas
  • Itens de papelaria
  • Itens de decoração
  • Sofás ou cadeiras para os clientes sentarem
  • Telefones

Além de montar uma equipe: segundo o Sebrae, 41% dos empreendedores trabalham sozinhos. Então é natural que você talvez não possa começar com uma equipe formada. Mas tendo ou não esse apoio, lembre-se de focar na experiência do cliente.

Preze pela qualidade do atendimento, seja você o único atendente ou com mais colaboradores. É recomendado, inclusive, fazer cursos voltados para atendimento ao cliente, pois esse é um diferencial muito notado nesse tipo de negócio.

Montar uma loja de roupas pequena na sua própria casa, se existe um espaço adequado para isso, em que possa atender os clientes com qualidade, é uma alternativa também. O importante é fazer tudo com planejamento.

Realize a divulgação da sua loja

Tendo planejado o seu negócio e com uma noção real do que vai precisar para que ele se torne realidade, o trabalho realmente estará só começando. Um negócio novo precisa de divulgação.

Mas calma: não é preciso investir muito dinheiro para que as pessoas saibam da sua loja e queiram ir até ela. Entendendo seu público-alvo, também já dá pra prever a melhor forma de divulgação, seja por panfletos, publicações em redes sociais ou até mesmo anúncios em jornais e outdoors.

Apenas não negligencie a importância de comunicar a existência do seu negócio para os clientes que deseja, afinal, as pessoas precisam saber que você existe!

E as redes sociais com certeza são um dos melhores canais para isso. Gastando muito pouco, você precisa basicamente se relacionar com as pessoas para que elas tenham a sua atenção. Pelo Facebook e Instagram, você pode oferecer cupons de desconto e realizar promoções que atraiam as pessoas até a sua loja, realizando anúncios para o público desejado na sua região.

Também capriche nas fotos, sempre publicando imagens com boa resolução, que mostrem não apenas as peças, mas elas sendo usadas, que apresentem o interior da sua loja e o que você tem de melhor. Até mesmo você falando esses diferenciais em um vídeo, por que não? O empreendedor precisa dar a cara a tapa, afinal é quem mais acredita no negócio!

Tendências para preparar sua loja em 2021

Tendências montar loja

A gente também não podia deixar de falar sobre algumas tendências em alta para 2021, já que esse é um setor que exige acompanhamento constante do empreendedor se ele não quiser ficar para trás. Afinal, estamos falando do mundo da moda! Confira!

1.  Personalização

Uma tendência que tem sido observada, não só no campo da moda, mas de maneira geral, é que os consumidores gostam de personalizar seus pedidos.

Seja um produto customizado ou uma maior variedade de opções, como tipos de embalagens e formas de pagamento, quanto mais alternativas o consumidor tiver, maior será a chance dele comprar e voltar a comprar na sua loja.

2.  Marketing sensorial

Se dizem que a publicidade é a alma do negócio, acredite: a experiência também é.

As músicas que ouvimos e os aromas que sentimos levam a nossa memória para lugares nos quais vivemos essas experiências, não é?

Aproveitar os sentidos dos consumidores na sua loja física pode ser incrível, não só audição e olfato, como tato, visão e paladar. A forma como você organiza o ambiente, o uso estratégico de cores para incentivar a compra, tudo isso faz parte da experiência do seu cliente.

Se gostar da experiência, a boa impressão que vai ficar na memória levará esse consumidor a falar bem da sua marca para terceiros e também aumentará as chances de que ele faça novas compras com você.

3.  BOPIS

Segundo dados da Ebit/Nielsen, 7,3 milhões de brasileiros compraram pela primeira vez em e-commerce durante a pandemia. Isso mostra que investir em uma loja física e em uma loja online pode ser uma boa ideia.

BOPIS, sigla em inglês para "buy on-line, pick up in-store", significa comprar online e retirar na loja. Esse é um conceito que procura integrar lojas físicas e online para oferecer mais benefícios aos consumidores, como, nesse caso, a compra online e retirada na loja.

Trabalhar dessa forma é muito interessante para o cliente, que economiza tempo e reduz custos com entrega, além de ser cômodo.

Já o seu negócio ganha mais tráfego na loja física e você pode oferecer ao consumidor experiências que não são possíveis quando a venda acontece exclusivamente online. Uma coisa leva a outra, é uma via de mão dupla, um ótimo complemento.

Outras dicas importantes para abrir uma loja de roupas

Também dê atenção à logística, à contabilidade e aos seus processos.

Isso significa pesquisar os melhores fornecedores, além de ir entendendo a demanda de seus clientes, monitorando o estoque. É preciso saber quais produtos entram e saem, quais são as peças mais e menos vendidas, para que não faltem nem sobrem produtos.

Além disso, para ajudar a administrar o seu financeiro, contratar um contador é uma boa ideia, já que, especialmente para quem está iniciando um negócio, pode ser difícil entender todos os trâmites relacionados a esse setor, ainda mais referente às leis existentes.

Um profissional da contabilidade vai ser capaz de ajudar você a saber o que é necessário para não errar por falta de conhecimento, além de liberar o seu tempo para cuidar do negócio, agilizando procedimentos contábeis.

Por fim, você também precisa encontrar formas de automatizar seus processos. Contar com softwares e sistemas capazes de facilitar, por exemplo, o fluxo de caixa, o controle de estoque e o registro das vendas, é um investimento que vale muito a pena.

Planejando seu negócio com cuidado e ficando de olho nas tendências, você certamente terá um futuro promissor no mundo da moda. Se tiver alguma dúvida, deixe nos comentários!

O que você achou do post?

0 Respostas

Deixe seu comentário