Como fazer uma pesquisa de mercado

Saiba como fazer uma pesquisa de mercado e confira alguns exemplos de como usar essa estratégia na sua empresa!

Como fazer pesquisa de mercado

A gente vê muito empreendedor agindo no achismo por aí, apostando todas as fichas em produtos e serviços sem antes pesquisar se existe mercado para eles, sem testes com o potencial consumidor, ou até mesmo com os próprios funcionários, para entender melhor a aceitação e realizar possíveis ajustes.

Realizar uma pesquisa de mercado não traz certeza, mas mostra um caminho mais assertivo, com maiores chances de resultados positivos, do que atuar completamente no escuro.

Você pode realizar uma pesquisa assim antes de lançamentos e também com produtos e serviços que já estão há mais tempo na empresa, atuando com uma pesquisa de satisfação, por exemplo.

Ou seja, para quem ainda não entendeu o que é pesquisa de mercado, pense também que ela serve para estudar melhor o mercado em si, entendendo as preferências do consumidor, seu comportamento e como se relaciona com a sua marca e como você pode, no futuro, fidelizar seus clientes.

Mas por onde começar?

5 passos essenciais para fazer uma pesquisa de mercado

Pesquisa de mercado

1.  Defina um problema

Apesar da palavra problema levar a pensar em situações ruins, aqui nesse caso a gente se refere a buscar os motivos para realizar a pesquisa. O que você quer descobrir com essa pesquisa? Esse é o seu problema.

Você vai ter um público-alvo, um objetivo principal e, possivelmente, objetivos secundários.

Por exemplo: se você quer descobrir como acontece o consumo de bombons na casa das pessoas da sua cidade, precisa fazer uma pesquisa com perguntas que façam você ter mais clareza sobre isso.

Para fazer perguntas que não fiquem tendenciosas e captem o que as pessoas realmente pensam, você precisa entender qual o seu tipo de pesquisa.

2.  Entenda o seu tipo de pesquisa

Será que para o seu caso é melhor uma pesquisa qualitativa ou quantitativa? Vamos distinguir esses conceitos.

  • Pesquisa qualitativa: é quando você deixa que os entrevistados falem sobre suas preferências, costumes e hábitos. São perguntas abertas, nas quais você deixa o respondente falar o que ele quiser, coletando suas percepções sobre o assunto.
  • Pesquisa quantitativa: se você optar por esse formato, precisará criar perguntas fechadas, ou seja, vai questionar profissão, faixa salarial, idade, gênero, etc. Vai abordar o perfil social e comportamental de quem responder.

Pode também tratar de preferências, mas nesse caso precisa de gradações - por exemplo: pouco satisfeito, satisfeito, muito satisfeito - ou oferecer alternativas, porque você quer quantificar dados.

3.  Estruture o questionário

Depois de definir se você quer captar números e gerar gráficos - pesquisa quantitativa - ou coletar insights sobre como os consumidores realizam a compra, seus hábitos e preferências - pesquisa qualitativa - vai precisar estruturar o questionário.

Voltando ao exemplo do consumo de bombons, ao optar por realizar uma pesquisa quantitativa, podemos fazer perguntas como essas abaixo, que vão ajudar a esclarecer o seu problema: como acontece o consumo de bombons na casa dos moradores da minha cidade e que tipo de consumidor quer bombons?

Modelo de perguntas para pesquisa de mercado

Você costuma consumir bombons?

(  ) Sim (  ) Não

Qual dessas marcas você usa?

(  ) A (  ) B (  ) C (  ) D (  ) Outra

Qual seu sexo?

(  ) Feminino (  ) Masculino

Em que ano você nasceu? _________.

Quantas pessoas moram na sua casa?

(  ) 1 (  ) 2 (  ) 3 (  ) 4 (  ) 5 ou mais

Quem é o responsável pela compra de bombons na sua casa?

Homem solteiro (  )   Mulher solteira (  )   Um dos membros do casal (  )   Ambos os membros do casal (  ) Filho(s) do casal (  )   Filha(s) do casal (  )   Outros parentes (  ) Empregado da casa (  )

Quem costuma dar opinião sobre a compra de bombons na sua casa?  Homem solteiro (  )   Mulher solteira (  )   Um dos membros do casal (  )   Ambos os membros do casal (  ) Filho(s) do casal (  )   Filha(s) do casal (  )   Outros parentes (  ) Empregado da casa (  )

Sua casa é própria ou alugada?

(  ) Própria (  ) Alugada

Quantos veículos os moradores da casa possuem?

(  ) 1 (  ) 2 (  ) 3 ou mais (  ) Nenhum

Devem ser elaboradas perguntas capazes de trazer para você dados quantitativos norteadores sobre o tipo de consumidor e o que ele observa e valoriza no seu produto.Esses são exemplos de questões que, além de quantitativas, vão dar uma noção sobre o perfil de compra dos moradores da casa entrevistada e como agem em relação ao consumo do seu produto. Quanto mais pessoas entrevistar, uma melhor noção terá do que quer descobrir.

Se seu objetivo principal é saber como as pessoas consomem bombons, seus objetivos secundários podem ter ligação com o poder de compra da família, para entender qual classe social está mais disposta a consumir bombons, o que valorizam nesse produto, por exemplo, o que os faria pagar mais ou menos por ele, e assim por diante.

Já se optar por uma pesquisa qualitativa, fazer uma entrevista mais aprofundada, com um grupo menor de pessoas que costumam consumir e não consumir bombons, pode trazer um entendimento sobre como esses consumidores se comportam.

Cara a cara, você pode analisar a linguagem corporal e ir encontrando outras questões que aparecem em uma conversa informal e não podem ser encontradas em uma pesquisa quantitativa.

Nesse caso, as perguntas devem ser abertas, como citamos, você não dá alternativas.

Por exemplo:

Você costuma consumir bombons?

Em que hora do dia consome?

Costuma degustar sozinho ou acompanhado?

Qual seu sabor de bombom favorito e por quê?

E aí você deixa o entrevistado falar, para entender suas escolhas de forma mais aprofundada, até mesmo criando novas perguntas na hora mesmo, como em uma entrevista jornalística.

Quanto mais aprofundado for, melhor. Podem surgir ideias que você nunca pensou antes e isso é ótimo para o seu negócio!

4.  Aplique a pesquisa

Com o questionário formulado, a próxima etapa é a aplicação. Se você possui uma loja física, pode, gentilmente, convidar os consumidores e clientes da sua loja a responderem as questões. É importante fazer perguntas relevantes, sem muitos rodeios, que realmente entreguem valor para a sua pesquisa e que também não cansem os entrevistados.

Deixe claro que esses dados não serão usados para outros fins, apenas para entender melhor o consumidor do produto ou serviço. É por isso que não se deve pedir, por exemplo, números de documentos ou nome completo da pessoa, informações pessoais, porque elas não agregam nada a esse tipo de pesquisa, além de causarem desconfiança nos entrevistados.

É super importante começar a pesquisa já pensando em um atendimento de qualidade.

Se você possui uma lista de contatos de e-mail, enviar a pesquisa de forma digital é uma ótima pedida, já que as pessoas poderão responder no tempo delas, no conforto de onde estiverem.

Você pode contar com ferramentas gratuitas para construir uma pesquisa de mercado online, gerando um questionário de maneira simples e que pode ser respondido em poucos minutos, como Google Forms, Survio e Typeform.

Para a pesquisa qualitativa, que envolve perguntas abertas, bem como respostas mais aprofundadas, é interessante reservar um local e um período, por exemplo, duas horas, para entrevistar um número pequeno de pessoas que conhecem e não conhecem seu produto e mercado, não mais de dez.

Pode ser criado também o que é conhecido como grupo focal, quando você coloca todas as pessoas para conversarem entre si e dessa conversa tira apontamentos sobre o que deseja. É criada uma discussão controlada em torno do seu produto ou serviço e mercado, sempre ficando neutro, deixando que as pessoas conversem livremente sobre suas percepções.

5.  Analise os dados coletados

Depois de coletar os dados, você deve tabulá-los, ou seja, reunir as respostas obtidas e agrupá-las para visualizar melhor os resultados. No caso da pesquisa quantitativa, fazendo gráficos e comparações.

Para a análise da pesquisa qualitativa, você precisa ler atentamente tudo o que anotou ou gravou - se optou por um grupo focal, a melhor forma de analisar é gravar para depois ouvir a entrevista.

E pronto!

Com base em opiniões dos seus consumidores ou do que o seu mercado pensa, você já não estará mais atuando no achismo, mas com base em uma pesquisa de mercado, ambiente no qual o seu produto ou serviço vai efetivamente circular, trazendo maiores chances de sucesso, já que agora você conhece melhor com quem está se relacionando.

O que você achou do post?

1 Resposta

Deixe seu comentário