Como gerar boleto no meu nome?

Gerar boleto no seu nome, como pessoa física, para receber os pagamentos dos seus clientes pode ser uma realidade. Entenda como fazê-lo de maneira descomplicada.

Gerar boleto meu nome

Muitos profissionais autônomos deixam de vender seus produtos ou prestar seus serviços, realizando a cobrança através do boleto bancário, por acreditarem que trabalhar com o documento é privilégio de pessoas jurídicas.

No entanto, gerar boleto no seu nome, para receber seus pagamentos, pode ser uma realidade, sim, inclusive sendo pessoa física.

Afinal, a alternativa de cobrança é um dos meios de pagamentos mais requisitados pela maioria dos brasileiros e seu negócio deve utilizá-lo para alcançar e reter sua clientela.

E sabe qual é a melhor parte de tudo isso? Fazer um boleto no seu nome pode ser simples, rápido e
sem burocracia, basta ter em mãos as ferramentas corretas que, por sorte, serão apresentadas a você neste artigo. Boa leitura!

1.  Escolha um banco ou uma plataforma

Para poder gerar boleto no seu nome, será preciso escolher uma instituição bancária ou uma plataforma de emissão de boletos, entre os tantos existentes no mercado.

Nesse ponto, será preciso pesquisar e escolher aquela instituição com os melhores benefícios, além de se inteirar sobre a confiabilidade do serviço contratado.

De modo breve, pode-se dizer que os bancos tradicionais são mais burocráticos e possuem taxas mais altas, enquanto os intermediadores de emissão de boletos, ou seja, as plataformas de pagamento, são financeiramente mais acessíveis e práticos.

Além disso, em uma instituição bancária será necessário ter uma conta titular vinculada e uma carteira de cobranças, ao contrário dos meios de pagamentos online, que são menos burocráticos.

2.  Cadastre-se na instituição escolhida

Como explanado, dependendo da instituição escolhida, haverá alguns processos extras.

Mas, geralmente, em um banco tradicional será necessário entrar em contato com o gerente da instituição e solicitar o serviço, enquanto via intermediador de pagamentos, basta cadastrar-se na plataforma, no site da mesma.

Para se cadastrar em algumas plataformas, como a da Cobre Fácil, será necessário criar uma conta (no próprio site da empresa), informar dados pessoais e bancários, esperar a aprovação do cadastro e começar a emitir e receber suas cobranças.

Pagamentos recorrentes mensalidades

3.  Preencha os campos do boleto bancário

Depois de escolher a instituição de cobrança e cadastrar-se nela, reúna as informações necessárias para preencher os campos obrigatórios do boleto bancário, geralmente compostos pelos dados do sacador e do sacado - quem receberá a cobrança e quem a pagará, respectivamente.

Além dos seus dados (para emitir o boleto no seu nome) e dos dados de seu cliente, será preciso informar os itens da cobrança, como valor do documento, data de vencimento do título e informações extras, como multa e juros, caso seja necessário.

Em seguida, basta gerar o boleto bancário e encaminhar ao cliente - e pronto: você acabou de utilizar o título de cobrança para receber pelo seu seu produto vendido ou serviço prestado. Bacana, não é mesmo?

Emissão de carne

Viu só? Gerar boleto no seu nome pode ser prático e nada burocrático, tendo em mãos as ferramentas corretas como uma plataforma de emissão de boletos.

O que você achou do post?

0 Respostas

Deixe seu comentário