Aprenda como emitir boleto de forma simples

O boleto é um instrumento de pagamento prático que pode trazer diversas vantagens para seus clientes e para sua empresa. Saiba o melhor jeito de emiti-lo.

Emitir boleto forma simples

Uma das questões de quem gerencia um negócio é decidir como receber de seus clientes. São diversas opções, cada uma com as suas vantagens e desvantagens. A melhor saída, com certeza, é ter mais de uma forma disponível.

Assim, nenhum cliente desiste da compra por falta de opção na hora de efetuar o pagamento. Dentre as opções existentes, o boleto, por ser simples e seguro, pode ser uma das mais favoráveis para a sua empresa e para os seus clientes.

Por isso, se você ainda não o colocou entre as formas de pagamento do seu negócio, acompanhe a leitura e veja como é fácil utilizar essa opção de recebimento.

Nesse post você aprenderá:
• o que é Boleto Bancário
• como funciona o Boleto
• como emitir um Boleto utilizando um banco ou sistema de pagamentos

O que é Boleto Bancário

O boleto é um instrumento de pagamento que funciona por meio de uma transação bancária. É um documento relativamente simples de ser efetuado e pode ser emitido por qualquer pessoa (física ou jurídica).

Isto é, apesar de ser mais utilizado por empresas, pessoa física também pode emitir boleto pelas mesmas vias de uma empresa, ou seja, tanto diretamente pelo banco quanto por um sistema de pagamentos online.

Além disso, essa forma de cobrança não faz muitas exigências do cliente, como conta bancária e cartão de crédito. E para acrescentar às vantagens, pode ser pago em qualquer agência bancária, casa lotérica, caixa eletrônico, Internet Banking e outros.

Como funciona o Boleto

O boleto é emitido por quem está cobrando a dívida, também chamado de cedente, e encaminhado para o sacado, que é o responsável pelo pagamento. O documento deve ser pago até o prazo indicado. Depois do pagamento, é preciso esperar a aprovação pela instituição financeira, que pode levar de um a três dias úteis.

Como emitir Boleto

Gerar um boleto pode ser muito fácil, principalmente, se você escolher um sistema inteligente e sem burocracia. Basicamente, existem duas principais formas de emitir boleto: por meio de um banco ou através de um sistema de pagamentos e gestão financeira. Entenda melhor as duas formas.

1.  Emitindo Boleto por um banco

Ao gerar boletos por um banco, será necessário ter uma conta corrente, um contrato e uma carteira de cobrança, com a instituição.

Geralmente, os boletos devem ser emitidos manualmente, na plataforma do banco, com todas as informações do cliente: CPF ou CNPJ, nome completo ou Razão Social e endereço completo com CEP.

Além disso, você deve preencher os valores e a data limite de pagamento, depois você pode salvá-lo ou mesmo imprimi-lo para enviar ou entregar o documento ao cliente.

Após a emissão, uma taxa será descontada da sua conta. Os valores variam de banco para banco, assim como as taxas cobradas por serviços extras como cancelamento ou alteração de data de vencimento.

2.  Gerando Boleto por um sistema de pagamentos

Se você achou a primeira forma um pouco complicada ou trabalhosa, ficará feliz com essa opção.

Por um sistema de pagamentos, você consegue emitir boleto online de um jeito mais prático, rápido e - o melhor - econômico. No entanto, isso dependerá da escolha do sistema.

De modo geral, o documento deve ser preenchido corretamente e enviado ao cliente, assim como no banco. Porém, alguns sistemas podem fazer isso automaticamente para você. Além disso, é possível emitir mensalidades ou carnês, em caso de pagamentos recorrentes.

As taxas, normalmente, são melhores do que as do banco e alguns não cobram nada para cancelar o documento, alterar informações ou manter ativos os boletos atrasados.

No entanto, é importante pesquisar e certificar-se de que a plataforma que você pretende usar é segura. Outra dica na hora da escolha: prefira sistemas com taxa zero na emissão do boleto, assim você só paga pelo título se o cliente efetuar o pagamento.

Se você ainda não disponibiliza a opção de boletos para os seus clientes, não perca mais tempo e inclua mais essa forma de pagamento no seu negócio.

O que você achou do post?

2 Respostas

Deixe seu comentário