Receba pagamentos via boleto, cartão de crédito ou PIX

6 passos simples para ter pagamento recorrente via API

Confira, neste artigo, o passo a passo para implementar o pagamento recorrente por API e usufruir de todos os benefícios da cobrança automatizada na sua empresa.

Imagem de uma mulher feliz em um escritório enquanto mexe em seu celular.

Para implementar pagamento recorrente por API na sua empresa, você vai precisar contar com uma pessoa desenvolvedora, escolher uma boa plataforma e fazer testes durante a integração do recurso com o seu sistema.

Quem decide contar com a ferramenta agiliza processos e ainda diminui a inadimplência, já que o próprio sistema pode realizar tarefas que, antes, eram burocráticas e exigiam muito tempo e recursos.

Basicamente, a tecnologia funciona assim: depois de você cadastrar um cliente, o sistema memoriza todas as informações dele e, a cada mês ou outro período predefinido, gera a cobrança com o valor e a data de vencimento do contrato, enviando-a de forma automática ao consumidor.

E as melhores alternativas do mercado ainda automatizam cobranças também, com mensagens por SMS e/ou e-mail!

Tá afim de modernizar as coisas por aí ou quer saber mais sobre a API e como ela pode ajudar empresas de recorrência? É só continuar a leitura!

Como realizar cobranças recorrentes por API?

Para fazer cobranças recorrentes por API, é fundamental contar com uma plataforma de pagamento automatizada, integrá-la ao seu sistema, configurar e testar as suas funcionalidades.

Escolha uma plataforma de pagamento

Antes de qualquer coisa, sua API deve estar diretamente linkada a uma plataforma que possibilite o pagamento recorrente, mas, na hora de pesquisar dentre as opções disponíveis, vá alem: opte por aquela que oferecer serviços complementares, como emissão automática de Notas Fiscais, geração de links de pagamento e também relatórios financeiros detalhados de forma automatizada.

Integre a API escolhida ao seu sistema

A API de pagamento recorrente da plataforma de pagamento escolhida por você pode ser integrada ao seu sistema de gestão e oferecer ainda mais recursos, que vão além da cobrança recorrente, como emissão de segundas vias de boletos, o oferecimento de descontos para pagamentos em dia e por aí vai.

Você vai conferir mais funcionalidades adiante neste mesmo artigo!

Configure as opções de pagamento

Personalize as opções de pagamento para atender às preferências do seu público: cartão de crédito, boleto, débito automático etc. Por exemplo, se a maioria dos seus clientes prefere pagar com cartão de crédito, não deixe de disponibilizar essa alternativa para garantir mais vendas e menos frustração, simplificando o processo ao máximo.

Teste a integração

Certifique-se de que a API está funcionando adequadamente em todas as etapas, desde a inscrição de novos compradores até a renovação automática de pagamentos.

Monitorar se o cadastro está acontecendo de forma completa até o final, se a funcionalidade de renovação automática de assinaturas está ativa e atentar-se a possíveis falhas de conexão são alguns exemplos de medidas que devem ser tomadas para confirmar a integração completa e bem-sucedida da ferramenta.

Priorize a segurança

Independentemente dos métodos de pagamento que a sua API oferece, implemente medidas robustas de proteção, como criptografia de dados e adoção das melhores práticas de segurança, para garantir que as informações da clientela estejam sempre seguras.

Isso não apenas protege as transações processadas pela ferramenta, como também fortalece a reputação da empresa e demonstra compromisso com a privacidade do público.

Agora… Por falar em reputação, a Cobre Fácil é uma das maiores empresas do Brasil no segmento de cobranças, e sua API possui um mar de funcionalidades para que sua empresa e seus clientes naveguem sem complicações para beeeeem longe da inadimplência! Você já a conhece?

E-book conquistando a inadimplência zero

E-book enviado com sucesso!

Acesse seu e-mail para ler o e-book e fazer seus clientes pagarem em dia.

6 funcionalidades da API de pagamentos recorrentes da Cobre Fácil

Configuração personalizada dos períodos de cobrança, diversos métodos de pagamento para oferecer à clientela e emissão automática de Notas Fiscais são só algumas das maiores funcionalidades da API de pagamentos recorrentes da Cobre Fácil.

Confira todas em detalhes!

1. Configuração personalizada dos períodos de cobrança

Ninguém merece passar um tempão pesquisando pela melhor API de pagamento recorrente para só depois descobrir que ela só permite cobrar mensalmente os clientes e mais nada, né?

Contando com a Cobre Fácil, você pode optar por cobrar a clientela de forma quinzenal, mensal, bimestral, trimestral, semestral ou anual, e ainda consegue oferecer descontos em todas essas periodicidades.

2. Definição dos métodos de pagamento

Ofereça, ao público, a chance de pagar como ele preferir: via cartão de crédito, débito, boleto ou Pix, sem precisar de maquininha ou qualquer outro recurso. A API da Cobre tem uma interface intuitiva e permite um checkout transparente e seguro, com criptografia e tecnologia de ponta para proteger todos os dados envolvidos na transação.

3. Emissão automática de Notas Fiscais

Economize tempo do seu setor financeiro e habilite a emissão automática de NFs. Assim, o consumidor terá o recibo em mãos assim que efetuar o pagamento, sem que você precise se preocupar com qualquer coisa.

4. Notificações automáticas via webhook

O webhook da Cobre Fácil transmite informações da API para o seu sistema, o que possibilita o envio de notificações e lembretes de pagamento para aqueles clientes com contas em atraso no cadastro de forma automatizada, sem que você ou alguém da sua equipe tenha que despender tempo para fazer essa comunicação de forma manual.

Defina a periodicidade dos lembretes na régua de cobrança automatizada da Cobre Fácil e prontinho: o webhook faz o resto por você.

5. Geração de segunda via da conta

Já pensou se o seu cliente precisasse entrar em contato, esperar um retorno via e-mail ou – pior! – ir até o seu negócio só para retirar uma segunda via de uma conta em atraso? É muito tempo perdido! Através da API da Cobre, você permite aos consumidores a emissão de uma segunda via do documento com um simples clique de botão.

6. Definição de descontos

Incentive o fechamento de contratos ou o pagamento em dia, habilitando, através do painel da sua API, descontos para quem quitar a dívida antes do vencimento ou para início de contrato. Esse é um benefício em tanto que não só diminui a inadimplência, como também fideliza e retém clientes que é uma beleza!

Como implementar a API de pagamento recorrente da Cobre Fácil?

Para implementar a API de pagamento recorrente da Cobre Fácil, você vai precisar contar com uma pessoa desenvolvedora e ter um cadastro no site. De resto, é só deixar a documentação completa para implementação nas mãos desse profissional e começar a aproveitar todas as funcionalidades do recurso após a fase de testes.

Confira o passo a passo!

  1. Conte com um desenvolvedor da sua confiança para fazer o processo.
  2. Acesse a plataforma de pagamentos e cobranças da Cobre Fácil e faça seu cadastro para começar a implementação.
  3. Peça ao profissional para analisar a documentação de API de pagamento da Cobre Fácil desenvolvida por especialistas para implementação do sistema.
  4. Aproveite o sandbox (ambiente de testes) para testar a integração. Atenção: use apenas dados fictícios no cadastro de informações para teste. Usar informações de clientes reais nesta etapa pode enviar cobranças indesejadas e indevidas a eles, portanto, siga as instruções da documentação para realizar o processo corretamente.
  5. Por fim, seu desenvolvedor ou sua desenvolvedora deverá fazer a autenticação de API de pagamento da Cobre Fácil para gerar o token necessário para utilizar o sistema.
  6. Pronto! Para ir além, experimente cadastrar webhooks e integrar também as notificações entre sistemas.

Simples, né? Esse é o processo que vai garantir a você o acesso a uma API desenvolvida por especialistas em pagamentos e devidamente certificada através do uso de HTTPS (Hypertext Transfer Protocol Secure) e SSL (Secure Sockets Layer), que nada mais são do que mecanismos de segurança que protegem a comunicação online.

Deixe seu comentário