Saiba como fazer o controle de pagamento mensal dos clientes

Confira nossas dicas para aprender a melhor maneira de controlar os pagamentos dos seus clientes e manter o lucro da sua empresa sempre em alta.

Controle pagamento mensal

Aprender a lidar com o controle de pagamento mensal da sua carteira de clientes é um dos principais passos para uma boa gestão empresarial pois, junto com isso, vêm os casos de inadimplências.

Para evitar que isso aconteça, é preciso ter um controle de pagamento mensal, identificando os clientes que estão no negativo, o que pode ser feito com o controle de pagamento de mensalidade.

Uma boa gestão de recebimentos é essencial para qualquer negócio, afinal de contas, somente pode ser controlado aquilo que pode ser medido.

Como controlar mensalidade de clientes

O sonho de qualquer empreendedor é manter sua empresa sem déficit financeiro e diminuir cada vez mais as mensalidades em atraso, prevenindo as inadimplências.

Esse controle por parte da empresa pode ser feito de forma eletrônica e também manuscrita, em formas de planilha, devendo as duas formas conterem com as informações individuais de cada cliente a cada mês.

Independentemente de qual modelo você escolher, as informações essenciais em ambas são:

  • nome do cliente;
  • valor a ser pago em cada mês;
  • se foi ou não pago seguido da data de pagamento; e
  • vencimento.

Além disso, é interessante também descrever ao que se refere aquele valor, se é referente a algum serviço prestado ou alguma compra, por exemplo. Quanto mais informações você tiver, mais fácil na hora de cobrar o pagamento.

Agora que já sabe quais informações são necessárias, você precisa escolher o recurso: manual ou eletrônico. O registro de forma manuscrita pode ser feito em um caderno ou planilhas impressas e armazenadas em pastas.

É mais indicado para empresas com poucos clientes, como por exemplo academia ou lojas, isso porque essa forma de controle não é muito eficiente quando se fala em muitas pessoas para registrar.

O método manual facilita na hora de atualizar o registro, mas, quando se têm muitos clientes, pode ficar difícil acompanhar a situação individual de cada um, o que acaba dificultando o controle de pagamento.

Já o meio eletrônico é muito mais eficiente e prático quando o assunto é controle de pagamento para muitos clientes, como nas empresas que vendem algum tipo de serviço ou até mesmo escolas.

Por meio de softwares de controle de mensalidade é mais fácil encontrar algum cliente específico e acompanhar a situação do pagamento da mensalidade referente àquele mês.

Todo o acompanhamento da situação de pagamento de cada cliente é muito importante para poder seguir alguns conselhos para evitar os atrasos e futuras inadimplências:

  1. Lembrar os clientes de efetuar o pagamento com antecedência.
  2. Oferecer alguma premiação para pagamentos antes do vencimento ou até mesmo para adiantamento de fatura (como descontos na fatura ou brindes).
  3. Estar disposto a negociar uma dívida caso um cliente tenha alguma mensalidade atrasada.
  4. Buscar facilitar para o cliente quitar sua dívida.
  5. Cobrar sempre de forma educada.

Mas, mesmo seguindo esses conselhos e mantendo o monitoramento constante, é importante que o cliente também consiga controlar e acompanhar a sua própria situação com a empresa.

Controle de pagamento para o cliente

Como falamos mais cedo, o monitoramento constante da situação de cada freguês é fundamental para manter o controle de pagamento e evitar atrasos e futuras inadimplências.

Porém, não basta apenas que a empresa mantenha esse acompanhamento, é preciso que os clientes também fiquem atentos ao pagamento.

É claro que os lembretes enviados ajudam o cliente a manter esse controle e lembrar de efetuar o pagamento no prazo, mas também há outras formas dele fazer isso sozinho, como a utilização de boletos de pagamento recorrente em forma de carnês de pagamento.

O carnê permite que o consumidor monitore o que ainda precisa quitar e o que já foi pago, assim como informações de possível desconto e até mesmo de juros caso a fatura vença.

O que você achou do post?

0 Respostas

Deixe seu comentário