Como reduzir a inadimplência e cobrar os devedores

O índice de inadimplência elevado pode acabar com o seu negócio. Por isso, aprender a reduzir a inadimplência e a cobrar um devedor deve ser prioridade dentro de qualquer empresa.

Inadimplência reduzir

Ao contrário do que alguns pensam, clientes inadimplentes não são, em sua maioria, maus pagadores, já que o inconveniente pode ser causado, frequentemente, pela forma ineficaz da cobrança do pagamento.

Por isso, neste artigo, apontaremos como boas práticas de cobrança podem reduzir - e muito! - a ocorrência da inadimplência. Portanto, fique à vontade para fazer suas anotações e levar para dentro do seu negócio as ideias mencionadas aqui. Boa leitura.

Como reduzir a inadimplência?

Antes de tudo, vale mencionar novamente que a forma como é realizada a cobrança de pagamentos pode influenciar no índice de inadimplência da sua empresa. Por isso, é preciso controlar essas variantes para reduzir o número de clientes inadimplentes.

Não estamos dizendo que apenas esse controle resolverá todas as questões envolvendo pagamentos atrasados, visto que podemos reduzir o índice de inadimplência, mas alguns maus pagadores ainda continuarão sendo maus pagadores - por motivos diversos.

No entanto, a inadimplência pode ter seu índice diminuído com a automatização das suas cobranças. Em outras palavras, a partir do momento em que a interferência humana é reduzida dentro do processo de cobranças.

Afinal de contas, além de reduzir o número de clientes inadimplentes, a cobrança automatizada traz benefícios como:

  • redução de erros humanos em todo o processo de emissão, encaminhamento e cobrança dos pagamentos;
  • impessoalidade no momento da cobrança, diminuindo situações indesejadas;
  • diminuição de custos operacionais, à medida que otimiza o trabalho da equipe financeira;
  • melhoria no serviço prestado ao cliente, como na pontualidade do envio das cobranças.

Como cobrar um devedor?

Lidar com clientes inadimplentes não é tarefa fácil, mas deve ser enfrentada o quanto antes. Porém, de forma gentil e eficiente. Por isso, confira duas dicas indispensáveis quando o assunto é cobrar um devedor e diminuir a inadimplência do seu negócio.

1.  Encaminhe lembretes regularmente

É necessário lembrar o cliente, de modo regular, da cobrança em aberto. O ideal é encaminhar lembretes antes, durante e depois do vencimento, assim você evita que o pagamento do seu produto ou serviço caia em esquecimento - cuidado que pode preservar o seu bolso e o do seu cliente.

Mais uma vez a cobrança automatizada pode ajudar nessa tarefa, visto que é possível criar uma régua de cobrança, escolhendo a mensagem e o horário em que o seu cliente receberá o lembrete. Desse modo, o trabalho é otimizado e facilitado, sem que alguém da sua equipe precise encaminhar manualmente a mensagem.

Plataformas de cobrança costumam ter a opção de visualizar o histórico da fatura, em que você sabe se seu cliente recebeu e abriu o documento. Caso tenha visto e não realizou o pagamento, você pode tentar entender melhor os motivos.

2.  Cobre com educação

As boas práticas de cobrança devem ser incorporadas em todo o processo de cobrança de um devedor.
Ou seja, evite ser rude e cobrar seu cliente em tom de ameaça, além de ser inapropriado perante a justiça, não solucionará o problema.

Apenas causará antipatia da pessoa em relação à sua marca e atrapalhará a renegociação da quantia que, por direito, é do seu negócio. Por isso, é importante, neste ponto, exercer a empatia e tentar entender o que levou o consumidor à inadimplência.

Pois é possível que a inadimplência seja fruto de uma situação isolada e possa ser resolvida assim que for solicitado ou a partir de condições específicas que podem ser acordadas no momento da renegociação. Assim, coloque a educação em primeiro plano - sempre!

Além disso, o que pode evitar desentendimentos inadequados é a utilização da cobrança automatizada, pois o sistema tirará o “peso” da conversa e reduzirá a probabilidade de uma situação desagradável. Já que não terá um atendente de carne, osso e emoções à flor da pele tentando resolver o problema, não é mesmo?

Por fim, caso o problema não seja resolvido desse modo, você ainda terá a opção de entrar em contato com o seu sistema de cobranças e protestar o boleto bancário anteriormente encaminhado ao cliente. Embora seja melhor trabalhar na redução de clientes inadimplentes, certo?

O que você achou do post?

0 Respostas

Deixe seu comentário