4 Métodos de Pagamento que vão facilitar a sua vida e a dos seus clientes

Aceitar várias formas de pagamentos pode ser uma porta para o sucesso. Por isso, selecionamos quatro opções super vantajosas de pagamento para você utilizar no seu negócio.

Métodos de pagamento clientes

Já são diversos os métodos de pagamento disponíveis no mercado, e cada cliente tem aquele que se identifica melhor ou que combina mais com o seu estilo de vida.

Desse modo, destacam-se os estabelecimentos que aceitam as mais variadas formas de pagamentos, pois preparam-se para atender uma ampla clientela.

Pensando nisso, separamos uma lista que pode facilitar a vida do seu cliente e a sua. É só seguir a leitura!

Cartão de crédito e débito

Essa é uma das opções mais populares entre os brasileiros, justamente, pela praticidade e comodidade que traz, já que o cliente não precisa andar com dinheiro e o comerciante não corre o risco de não receber a dívida.

Além disso, a função crédito traz o benefício de parcelar o valor da compra, proporcionando mais possibilidades para o cliente.

Como funciona o pagamento com cartão

O consumidor efetua o pagamento diretamente na máquina ou de forma online, e você recebe em uma conta bancária o valor com os descontos das taxas cobradas por venda. As taxas variam bastante de acordo com a empresa ou o banco que você escolher. Se for crédito, você recebe em D+30, se for débito em até D+2.

Para receber o Crédito D+1 é preciso solicitar a antecipação (nesse caso é cobrada uma taxa por parcela).

Como aderir ao pagamento com cartão

Você pode passar a cobrar no cartão de crédito e débito por meio de um banco ou por uma empresa que faça esse serviço. Qualquer pessoa, física ou jurídica, pode adquirir uma maquininha de cartão.

Boleto Bancário

Esse é outro método de pagamento bastante popular por ser prático e acessível. Ele é barato para o comerciante e fácil para o cliente, pois não exige nenhum pré-requisito ou cadastro para efetuar o pagamento.

Como funciona o pagamento com boleto

O boleto é, normalmente, utilizado para pagamentos à vista, porém, também funciona a prazo, dependendo da data estipulada no documento.

A grosso modo, o cliente deve pagar a compra, no banco, em casas lotéricas, caixa eletrônico ou, mesmo, online, em um internet banking, até a data combinada. Depois disso, o comerciante recebe o valor em uma conta bancária, no período de até três dias úteis.

Como aderir ao pagamento com boleto

É possível emitir boletos diretamente com o banco ou com um sistema de pagamentos online. Os valores e taxas variam bastante de um para o outro, por isso, vale a pena pesquisar, para economizar.

Dica: além de mais barato, um sistema tende a ser mais descomplicado e fácil na hora da emissão. E alguns, oferecem outros benefícios junto ao serviço de cobranças.

Carnê de pagamentos

Essa é uma opção que substitui o cartão de crédito, quando a intenção do comprador é parcelar o valor. É essencial em casos em que o cliente não possua cartão, mas não tem condições de levar o produto à vista.

Como funciona o pagamento com carnê

Normalmente, o carnê é feito via boletos bancários. Nesse caso, o cliente já recebe todos os boletos da negociação, e assim, vai efetuando o pagamento de cada um, por mês, conforme data de vencimento.

Como aderir ao pagamento com carnê

Funciona igualmente ao boleto bancário, por meio de um banco ou por um sistema de pagamentos. As taxas variam bastante entre eles e, mais uma vez, vale muito a pena pesquisar antes de acabar pagando por taxas abusivas.

E se você busca praticidade, melhor saber que alguns sistemas podem gerar carnês de pagamento automaticamente e sem burocracias. O ideal é buscar um sistema completo, que já tenha as duas opções, assim você facilita o dia a dia no seu estabelecimento.

Pagamento recorrente: mensalidades, planos e assinaturas

Essa é uma ótima forma de pagamento, caso o seu negócio funcione com assinaturas. Gerar um boleto novo todo mês é cansativo e pouco prático, além de que você acaba perdendo muito tempo.

Como funciona o pagamento recorrente

O cliente recebe todo mês um novo boleto para quitar, enquanto durar a assinatura. Pode-se dizer que funciona como boleto bancário normalmente. Assim que o consumidor fizer o pagamento do documento, o valor é entregue ao comerciante em até três dias úteis.

Como aderir ao pagamento recorrente

É possível fazer uma mensalidade por meio de um banco, gerando os boletos manualmente todo mês, porém, não é aconselhável. Isso porque você pode esquecer de gerar em algum mês, além de que essa é uma forma trabalhosa, que demanda tempo.

A melhor opção, nesse caso, é um integrar um sistema de pagamentos que gere as mensalidades automaticamente para você. Mas pesquise bem: para valer a pena, as taxas devem ser bem mais em conta do que as de um banco!

Se você quer facilidade e praticidade, tanto para você quanto para o seu cliente, não deixe de aceitar estes métodos de pagamento.

O que você achou do post?

0 Respostas

Deixe seu comentário