7 Dicas para cobrança de mensalidade escolar em atraso

Preparamos algumas recomendações que podem tornar a cobrança de mensalidades escolares atrasadas muito mais fácil. Confira!

Cobrança mensalidade escolar atraso

O pagamento de mensalidades de uma escola é o que garante que a instituição funcione e continue oferecendo qualidade no ensino.

No entanto, quando não é realizado de forma pontual, é necessário adotar uma atitude antes de gerenciar começar a sofrer como conseqüências com falta de dinheiro que pode fazer.

Para uma administração, realizar uma cobrança de mensalidade escolar em atraso é um desafio que exige cuidado e, para isso, é importante conhecer formas de evitar clientes inadimplentes e também cobrar quando necessário, sempre de forma ética, educacional e humana.

A seguir, encontre sete dicas que podem ser executadas nesta missão, mantendo as mensalidades no dia e permitindo o investimento na educação.

1.  Disponibilize canais de comunicação eficientes

Os canais de comunicação devem disponibilizar mais uma forma de contato, pois assim é possível localizar qualquer pessoa e incluir todos os perfis de famílias.

Alguns exemplos:

  • mensagens de cobrança podem ser feitas por e-mail, automaticamente;
  • notificação por SMS;
  • mensagem de WhatsApp ;
  • alertas no portal estudantil; e
  • telefonemas para fazer uma cobrança.

É importante informar números de telefone e horários de atendimento para esclarecer dúvidas e também realizar negociações.

2.   Tenha um departamento de cobranças

Para notificar e realizar cobranças, é preferível contar com um departamento com atendentes em prontidão, evitar atrasos na percepção dos atrasos e impedir que as mensalidades se acumulem.

Como as pessoas responsáveis ​​por esse setor devem ser gentis, educadas e preparadas e, além disso, recomenda-se que elas não tenham contato direto com os pais ou alunos, evitando situações constrangedoras para as partes.

Ou seja, elas são somente responsáveis ​​por realizar como cobranças e negociações.

3.  Crie um roteiro de cobranças

É indispensável definir um padrão para que os atendentes realizem uma cobrança. Esse tipo de protocolo ajudará a obter retornos, compreender os motivos de inadimplência e executar ações que levem ao pagamento de mensalidade com mais rapidez.

Você pode preparar um documento com um passo de um roteiro de cobranças por telefone , por exemplo:

  • realizar uma ligação ao cliente, descobrir e registrar o motivo da falta de pagamento;
  • na mesma ligação, combine e registre uma nova dados para pagamento; e
  • envie um e-mail para o cliente um dia antes do novo vencimento, relembrando os dados combinados para a citação da dívida.

4. Faça  negociações humanizadas

Nenhum momento da cobrança, se cada família possui uma realidade diferente e, certamente, é possível que algumas dívidas estejam sendo executadas por causa de alguns momentos de instabilidade, que podem sempre existir.

Os atendentes responsáveis ​​por cobranças e negociações estão falando em nome da instituição e, por isso, devem demonstrar empatia diante de qualquer situação difícil.

Além do pagamento, você deseja que o aluno permaneça na escola, ou não, se trata apenas de mensalidade, mas um processo de ensino e papel social da instituição.

Treine técnicas de cobrança de como cobrar ou cliente para que, no momento da negociação, você consiga demonstrar apoio, flexibilidade e propriedade de formas flexíveis de quitação, recuperar as chances de receber o valor e manter no dia a matrícula do aluno, o que só ocorrerá com uma situação.

5.   Seja flexível nas citações

Você pode oferecer alguns benefícios no momento da cobrança da mensalidade e, portanto, essas vantagens podem ser vistas pelo cliente como motivação e economia no momento da citação.

Por exemplo, se couber no seu orçamento, ofereça:

  • desconto no pagamento à vista;
  • desconto no pagamento antecipado de mensalidade;
  • parcelamento da dívida;
  • redução de taxa de juros; e
  • nova data de vencimento mais adequada ao responsável.

6.  Diversifique as formas de pagamento

O atraso da mensalidade pode ocorrer devido a uma única forma de pagamento disponível, não dando alternativas aos clientes e sendo permitido, por isso, como chances de inadimplência por parte do consumidor do serviço.

Por exemplo, em algum momento, uma família pode estar despreparada para um boleto com vencimento imediato, mas pode realizar o pagamento com cartão de crédito.

Atualmente, é possível oferecer boleto, cartão de crédito, cartão de débito, cheque e dinheiro, então, por que não usar esta liberdade para disponibilizar alternativas?

Quanto mais formas de pagamento oferecer, menores são as chances de haver inadimplência.

7.   Automatize processos

A maneira perfeita de automatizar operações financeiras e melhorar os processos da escola é através da gestão de cobranças.

Hoje, existem plataformas on-line que permitem gerar boletos para escolas de aviação, mensais e também link para pagamento e cobranças em cartão de crédito.

A plataforma de gerenciamento de cobranças do Cobre Fácil permite visualizar todo o histórico e o status dos pagamentos de clientes, além de analisar e gerar relatórios.

Também é possível enviar lembretes de dados e pagamentos atrasados ​​através de uma régua de cobrança automatizada, facilitando o recebimento e recuperação e inadimplência.

Modelo de carta de cobrança de mensalidade escolar

Disponibilizamos, abaixo, dois modelos de mensagem de cobrança de mensalidade escolar que podem ser enviados como carta ou via e-mail. Confira!

Modelo 1 de carta de cobrança

Modelo 1 carta de cobrança

Modelo 2 de carta de cobrança

Modelo 2 de carta de cobrança

Ressaltamos que todas as dicas e modelos de cartas são válidas para cobranças de mensalidades da faculdade, tudo bem? Mas você pode usar-los para cobrar outras instituições de ensino que administram.

Lembre-se de identificar os motivos de inadimplência para abordar o cliente de forma correta, trabalhar de forma flexível e amigável para gerar resultados de pagamentos sem chances de perder alunos!

O que você achou do post?

2 Respostas

Deixe seu comentário