Como realizar a elisão fiscal e pagar menos impostos

A elisão fiscal é um planejamento tributário que deve ser realizado junto ao contador da empresa com o objetivo de reduzir o valor dos impostos. Veja como ela pode ser feita e comece a aplicá-la no seu negócio agora mesmo.

Elisão fiscal

É possível adicionar um desconto aos tributos da empresa de forma legal, através de um planejamento chamado elisão fiscal, o qual poderá ser realizado pela gestão tributária ou contábil que cuida do seu negócio. 

Quem é empreendedor e precisa manter o seu negócio dentro da legalidade deve reconhecer que existem muitas cargas tributárias no Brasil, tornando-se um assunto complexo. 

Por causa disso, qualquer chance de pagar menos impostos é uma forma de vantagem.

É importante lembrar que a redução no valor dos impostos precisa estar dentro da lei, deixando claros todas as informações e processos da empresa, pois qualquer tipo de sonegação configura crime e possui graves consequências.

O que é elisão fiscal

A elisão fiscal ou planejamento tributário é uma forma simples e legal de conseguir reduzir os valores dos impostos da empresa. Ela deve ser realizada por profissionais capacitados que entendam da legislação em que se encaixa o seu negócio e do enquadramento tributário.

Em resumo, alguns descontos e vantagens são lançados pela Receita Federal e o planejamento tributário consiste em conhecer a legislação a fundo, utilizando essas oportunidades para gerar a economia nos tributos sem cometer ilegalidades.

Ebook conquistando a inadimplência zero

eBook enviado com sucesso!

Acesse seu e-mail para ler o eBook e fazer seus clientes pagarem em dia.

Qual a principal diferença entre evasão fiscal e elisão fiscal?

Das formas de pagar menos tributos, temos duas: a elisão fiscal e a evasão fiscal, sendo esta segunda considerada um crime e muito popular como sonegação de impostos.

Sendo assim, o crime por elisão fiscal não existe.

Por outro lado, a evasão pode gerar multas e até mesmo a prisão dos responsáveis quando o recolhimento não é realizado da forma correta.

Quando ocorre elisão fiscal

Agora que você sabe o que é a elisão fiscal, é importante conhecer os contextos em que ela é possível ser colocada em prática e aplicadas à empresa. Mas, antes, é importante ressaltar que quem deve realizar esse serviço é um profissional contador de sua confiança ou um especialista que trabalhe com o controle financeiro da sua empresa, certo?

O contador saberá realizar o planejamento tributário ideal para o seu tipo de negócio, visto que existem três espécies de elisão fiscal.

3 espécies de elisão fiscal

  1. Com a escolha do regime tributário de acordo com a atividade e porte da empresa e os benefícios que ela oferece.
  2. Por meio da escolha do local para instalação da empresa, de acordo com o Imposto Sobre Serviços (ISS), que altera a alíquota conforme com o município.
  3. Ou ainda utilizando-se dos incentivos fiscais, como leis específicas para municípios, estados ou tipo de negócio que garantem descontos ou renúncias fiscais como forma de incentivo e estímulo à economia.

Aproveite as vantagens que a elisão fiscal pode oferecer para reduzir o valor dos impostos de forma estratégica e sem riscos para o seu negócio, economizando para investimentos futuros e melhorias da sua empresa.

O que você achou do post?

1 Resposta

Deixe seu comentário