Como escolher o melhor meio de cobrança para seu negócio

Encontrar a forma de cobrança ideal é essencial para o crescimento da sua empresa. Descubra qual é a melhor forma de cobrança para o seu negócio, com o objetivo de reduzir a inadimplência e os custos.

Meio de cobrança empresa

As formas de pagamento oferecidas pela sua empresa interferem diretamente na cobrança, ou seja, agem diretamente na gestão financeira.

Pensar bem antes de fazer a escolha do meio de cobrança do seu negócio é essencial: lembre-se de oferecer muitas opções aos clientes, todas as disponíveis no mercado, se possível.

Isso porque quanto mais opções de pagamento o seu cliente tiver, mais chances de efetuar a compra com você - e quanto mais você vender, melhor, certo? Só assim é possível faturar mais e manter a saúde do seu negócio.

Por isso, vamos apresentar nesse artigo as formas atualmente mais utilizadas no quesito cobranças - bem como suas maiores vantagens e desvantagens - possibilitando com que você perceba quais mais se adequam e beneficiam o seu negócio.

As três maneiras de cobrança mais utilizadas

Pagamento com dinheiro

Certamente receber uma venda no dinheiro é ótimo, pois não há nenhuma taxa e você tem acesso ao valor, na hora. Mas você precisa entender se isso dá certo no seu negócio ou mesmo se pode ser o único tipo de cobrança oferecido pela sua empresa.

Parece estranho pensar que não dá para aceitar dinheiro em espécie, certo? Mas imagine se você trabalha com venda online, por exemplo: fica mais difícil - ou até impossível - trabalhar com a opção, certo?

Todavia, se o seu negócio é físico, essa opção, com certeza, já faz parte da sua carteira de cobranças.

Uma outra maneira de trabalhar com dinheiro, diretamente na sua conta, é fazer com que seus clientes paguem via depósito bancário, à vista, de modo que as taxas também não existirão - contudo o dinheiro costuma ser disponibilizado em torno de 24h após do depósito.

Para que se trabalhe desta maneira, é preciso confiar no cliente ou entregar o serviço/produto depois de confirmado o recebimento do valor.

Trabalhar com dinheiro vivo, contudo, possui uma desvantagem: a do deslocamento até uma agência bancária, para depositá-lo.

Cartão de crédito e cartão de débito

Apesar de ser uma das formas de cobrança mais utilizadas no mundo todo, atualmente, algumas taxas podem ser altas, a depender do seu contrato, como veremos a seguir.

As taxas são cobradas pelas bandeiras dos cartões e pelas adquirentes (maquininhas de cartões físicas/presenciais) da seguinte maneira: um percentual sobre o valor da sua venda e variam conforme o tipo de pagamento, operadora de cartão, prazo de recebimento, entre outros, conforme o contrato.

Mas vamos focar, principalmente, no lado bom (até porque as taxas são negociáveis, de maneira geral): no momento da venda, já é possível saber se a transação foi aprovada ou não, evitando a inadimplência.

Uma vez que há aprovação, o seu recebimento é garantido pela empresa de cartão de crédito, mesmo que o cliente não pague a sua respectiva fatura.

Ou seja, algumas taxas podem ser altas porque as bandeiras de cartão de crédito assumem esse risco: o de pagar a sua empresa, sem a garantia de receber do seu cliente.

Boleto bancário

O boleto bancário é uma excelente opção para quem busca taxas menores que as do cartão de crédito e ainda possibilita com que clientes que não possuem vínculos com instituições bancárias e nem cartões, possam comprar com você, tranquilamente.

Uma das desvantagens para o pequeno empresário, por exemplo, pode ser a necessidade de ter vínculo com a rede bancária para a emissão dos boletos.

Ou seja: abertura de conta e pagamento das taxas de emissão, pois os bancos costumam cobrá-las (alguns, inclusive, cobram taxas para alteração de dados, pagamentos atrasados e, muitas vezes, cancelamentos dos boletos gerados).

Contudo, existe uma solução de sucesso que acaba com a necessidade de dependência da rede bancária: estamos falando das plataformas de gerenciamento de cobrança online.

Se você tem dúvida da eficácia e de como funciona o sistema de cobrança, não se preocupe: ele é prático, fácil de ser usado e seguro. A Cobre Fácil, por exemplo, oferece emissão de boletos e só cobra taxa no momento em que os seus clientes pagarem os boletos emitidos.

Resumindo: taxa zero para emissão de boletos.

Além disso, por meio da plataforma, é possível controlar todos os recebimentos, otimizando a sua gestão financeira através de muitos outros recursos, tais como elaboração de relatórios e, até mesmo, lembretes e mensagens de cobrança para os clientes não atrasarem o pagamento.

Os benefícios do sistema de cobrança online são muitos, pois é uma forma moderna de conquistar clientes, em qualquer parte do Brasil - e do mundo, por que não?

Como escolher o melhor meio de cobrança para meu negócio?

Não existe uma única resposta: existem diversas formas de cobrar pelo seu produto ou serviço e, por isso, o melhor a fazer, dentro do seu possível, é flexibilizar, possibilitando, para o seu cliente, mais de uma opção de pagamento.

Se a sua equipe é reduzida e você busca praticidade e eficiência nas suas tarefas empresariais rotineiras, optar por um gerenciador de cobrança online é uma ótima pedida.

O que você achou do post?

0 Respostas

Deixe seu comentário