Como fazer a antecipação de vendas no cartão de crédito?

Tem vezes que não dá para evitar, a situação aperta e o caixa empresarial fica comprometido. Nesse caso, fazer a antecipação de vendas no cartão de crédito pode ser a solução para desafogar o financeiro do seu negócio, sabia?

Antecipação vendas cartão de credito

A antecipação de vendas no cartão de crédito é feita após considerar o motivo pelo qual o adiantamento deve ser contratado, solicitar o serviço à instituição financeira responsável, selecionar os pagamentos que serão antecipados e concordar com as taxas aplicadas.

O recurso financeiro é normalmente utilizado por empresas que possuem o cartão de crédito como um dos principais meios de pagamento oferecidos aos clientes e necessitam, mesmo que esporadicamente, adiantar o recebimento de vendas para manter o fluxo de caixa positivo.

O processo é bastante simples, embora seja necessário ter um discernimento aguçado sobre o funcionamento do recurso e os custos inerentes à contratação desse tipo de serviço.

Assim, para reunir apenas os benefícios da prática e evitar prejuízos, trouxemos um passo a passo de como fazer a antecipação de vendas no cartão de crédito de forma consciente.

O que é antecipação de recebíveis de cartões?

É um processo que consiste em adiantar o recebimento de vendas que foram fechadas a prazo. De modo geral, o recurso é utilizado para evitar emergências financeiras, manter o fluxo de caixa da empresa positivo ou até mesmo investir em uma oportunidade imperdível.

Dessa forma, a antecipação de vendas no cartão de crédito permite que a empresa receba no curto prazo pagamentos realizados no crédito, em uma ou mais parcelas.

Esse procedimento é intermediado por uma instituição financeira, sem que o cliente seja envolvido ou tenha sua escolha de pagamento questionada.

E-book conquistando a inadimplência zero

E-book enviado com sucesso!

Acesse seu e-mail para ler o e-book e fazer seus clientes pagarem em dia.

Como fazer a antecipação de cartão de crédito?

Essa antecipação de recebíveis funciona como uma espécie de empréstimo corriqueiro. Ou seja, a empresa que solicitar esse recurso deve arcar com os custos desse adiantamento.

Mas, ao contrário do empréstimo, as taxas são cobradas no momento da requisição, logo, a instituição contratada descontará a porcentagem diretamente do valor adiantado.

Afinal, o cliente que comprou a prazo ainda não foi cobrado por sua respectiva instituição financeira e a quantia ainda não foi repassada para a empresa.

Assim, para antecipar esses valores, a instituição bancária, operadora ou solução financeira contratada cobra taxas em cima desse repasse.

Como fazer a antecipação de vendas no cartão de crédito?

1.  Faça um diagnóstico financeiro da empresa

Antes de solicitar o serviço de adiantamento de seus pagamentos, analise se o negócio realmente precisa desse recurso para manter sua saúde financeira em dia. Realize um diagnóstico financeiro e cheque se a medida é realmente necessária.

Se a antecipação dos recebíveis do cartão de crédito for inevitável e o recurso financeiro for a melhor escolha para o momento atual da empresa, vá em frente.

Esse cuidado deve ser tomado para garantir que a empresa não tenha custos adicionais desnecessários e para que tenha consciência do momento financeiro que se encontra - essa análise pode evitar, inclusive, que a empresa repita os mesmos erros e passe por apertos financeiros no futuro.

2.  Contrate um serviço de antecipação dos recebíveis

Depois de confirmar que realmente precisa dessa antecipação, você deve solicitar o serviço de adiantamento de vendas no cartão de crédito à sua instituição bancária, operadora ou solução financeira.

Para isso, será necessário entrar em contato com a instituição responsável e contratar o recurso, então a contratada fará a antecipação dos recebíveis em troca de uma porcentagem um pouco salgada, mas menor do que os encargos cobrados pelos empréstimos ou financiamentos.

Além disso, nesse caso, o dinheiro resgatado é da empresa e a tarifa cobrada é descontada diretamente da quantia antecipada.

3.  Escolha os pagamentos que deverão ser antecipados

A próxima etapa será selecionar as Notas Fiscais que serão antecipadas, ou seja, quais serão os pagamentos que você deseja receber no curto prazo.

A seleção deve ser baseada na quantia financeira necessária para tirar a empresa do sufoco ou para suprir a demanda específica surgida. Afinal, quanto mais altos forem os valores antecipados, mais taxas serão pagas.

Opte também por adiantar os recebíveis parcelados em um período de tempo menor, isso porque uma venda parcelada em mais vezes resulta em taxas mais altas.

4.  Analise as taxas de antecipação aplicadas

Depois de orçar valores e escolher os pagamentos que deverão ser antecipados, chegou o momento de autorizar as taxas cobradas pela antecipação. Não é possível adiantar valores programados para os meses futuros sem desembolsar uma porcentagem.

Por isso, tente conseguir o melhor negócio possível para preservar as finanças da empresa!

5.  Atualize seu fluxo de caixa dando baixa nos pagamentos antecipados

Lembre-se de registrar a entrada dessa quantia e dar baixa nos pagamentos antecipados. Sem esse controle, a empresa pode acabar contando com recursos que não estarão mais disponíveis em um futuro próximo.

Qual a taxa de antecipação de recebíveis cobrada?

Depende da instituição financeira, já que tudo dependerá dos valores e quantidade de parcelas antecipadas.

Afinal, a porcentagem é aplicada em cima de cada parcela antecipada, por exemplo, se o adiantamento feito possui três parcelas, o cálculo será o seguinte:

X% (porcentagem cobrada pela instituição financeira que vai conceder o crédito)
x
3 (número de parcelas da venda que você fez, por exemplo)

Lembre-se que, quanto maior for o número de parcelas da venda que você fez, maior será o valor cobrado sobre a antecipação.

Mas fica aqui a consideração: de modo geral, as taxas cobradas pelas instituições bancárias mais tradicionais serão mais salgadas do que as porcentagens aplicadas por instituições mais alternativas, como é o caso da solução financeira da Cobre Fácil. Dá uma olhada nas nossas condições!

O que você achou do post?

1 Resposta

Deixe seu comentário