Como emitir o cartão de CNPJ: entenda como solicitar

Descubra como emitir o cartão de CNPJ em alguns passos e tenha como comprovar a sua situação cadastral enquanto pessoa jurídica!

Como emitir o cartão de CNPJ

O cartão de CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica) nada mais é do que uma forma de comprovar que uma empresa existe. Ou seja, ele é um comprovante e pode ser comparado a um CPF (Cadastro de Pessoa Física).

Neste artigo, vamos ensinar como emitir, consultar e imprimir o cartão de CNPJ. Continue nos acompanhando.

O que é cartão CNPJ

O cartão de CNPJ é um comprovante capaz de mostrar que uma empresa está registrada de maneira correta junto aos órgãos competentes. Por isso ele tem a mesma função de um CPF.

Todas as empresas registradas em nosso país devem abrir um CNPJ e, por essa razão, possuem acesso ao cartão.

O número do CNPJ contém 14 dígitos e os oito primeiros são referentes à raiz que faz a identificação do negócio. Depois da barra (/), o número se refere a quantas filiais o negócio tem. O “/0001” quer dizer que existe apenas uma filial, que no caso é a matriz.

Como explicamos, essa identificação serve para comprovar que uma empresa não é um negócio informal, ou seja, está registrada de acordo com a legislação.

Apesar de ter essa importância, o cartão CNPJ não substitui outros documentos que podem ser solicitados a uma empresa, como o contrato social.

O cartão pode ser solicitado em casos de empréstimos e financiamentos em bancos e para relações comerciais, durante a formulação de contratos para prestação de serviço ou para fornecimento de materiais.

E-book conquistando a inadimplência zero

E-book enviado com sucesso!

Acesse seu e-mail para ler o e-book e fazer seus clientes pagarem em dia.

Como emitir o cartão de CNPJ

Ao emitir o cartão CNPJ, você vai encontrar as principais informações de uma empresa: número do CNPJ, razão social, nome fantasia, data de abertura, código e descrição da natureza jurídica, código e descrição da atividade econômica principal e secundária, e-mail do responsável, endereço, telefone, bem como a situação cadastral e o motivo desse status.

A emissão do cartão CNPJ é muito simples e pode ser feita pelo site da Receita Federal.

Como solicitar o cartão CNPJ pela internet

  1. Acesse a página de Emissão de Comprovante de Inscrição e Situação Cadastral da Receita Federal.
  2. Informe o número do CNPJ.
  3. Confirme que você não é um robô e clique em “Consultar”.

Dessa forma, o cartão CNPJ será emitido de forma automática, no mesmo momento da solicitação. Você pode baixar o documento e também imprimi-lo.

Como consultar o cartão CNPJ?

Consultar regularmente o seu cartão é importante para evitar surpresas com algum tipo de restrição no CNPJ.

A consulta acontece junto com a emissão. Na verdade, ao clicar em “Consultar”, como mostramos no tópico anterior, você irá para uma página com os dados que levam à situação cadastral, que possibilitam a consulta, e também são o cartão CNPJ.

Como imprimir cartão CNPJ?

Na mesma página em que você emitiu o cartão CNPJ e pôde consultá-lo, é possível imprimir o documento. Basta clicar em imprimir no final dessa mesma página e enviar para sua impressora.

Diferença entre cartão CNPJ e certificado MEI

Se você possui um CNPJ como MEI (Microempreendedor Individual), pode estar se perguntando qual a diferença entre o cartão CNPJ e o certificado MEI (CCMEI) que é emitido quando você solicita o CNPJ, pois eles podem parecer ter a mesma função.

A diferença é que o CCMEI comprova a abertura de uma empresa e sua inscrição no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica, enquanto o cartão CNPJ reúne as informações sobre a empresa.

Um documento não anula o outro e os dois são necessários para que todo MEI consiga fazer as mais diversas solicitações para sua empresa. Isso porque o CCMEI mostra informações pessoais do titular da empresa, como nome completo, CPF e RG, e o cartão CNPJ apresenta apenas dados relacionados à empresa.

Agora que você já sabe como emitir o cartão de CNPJ, que tal compartilhar este conteúdo nas suas redes sociais para ajudar a informar outros empreendedores?

O que você achou do post?

0 Respostas

Deixe seu comentário