É possível emitir Boleto sendo MEI?

É microempreendedor individual e não sabe se pode emitir boleto sendo MEI? Descubra tudo sobre boletos bancários e quais as suas vantagens, se é possível emiti-lo sendo MEI e se é possível emitir boletos sem estar associado aos bancos.

Posso emitir boleto MEI

O boleto bancário é uma forma simples e segura de realizar pagamentos. Utilizá-lo em sua empresa demonstra maturidade para o negócio, além de ser uma estratégia inteligente, por exemplo, para alcançar o público que não utiliza conta bancária.

Acontece que, ao profissionalizar o seu negócio, tornando-se um microempreendedor individual, dúvidas podem surgir. É normal que isso aconteça, faz parte do processo de crescimento de uma empresa.

No entanto, com as restrições que a categoria MEI possui, como a possibilidade de contratação de apenas um funcionário e um teto anual de rendimento, fica difícil saber o que se pode e o que não se pode fazer sendo MEI - e emitir boleto bancário é, certamente, uma das dúvidas mais frequentes e válidas nesse momento. 

Entretanto, pode ficar tranquilo, vamos ajudar a sanar suas principais dúvidas durante a leitura.

Neste post você descobrirá:
• Como funciona um Boleto Bancário
• É possível emitir Boleto sendo MEI
• Tipos de Cobranças
• É possível emitir Boleto sem estar associado ao banco
• Quais as vantagens de utilizar o Boleto Bancário

Como funciona um Boleto Bancário?

O boleto bancário é um título de cobrança com um valor a cobrar preestabelecido. Isso significa que a empresa pode gerar um documento registrado para receber pela venda de seu produto ou serviço.

O boleto, de modo geral, é composto pelas seguintes informações:

  • quem receberá o pagamento (cedente);
  • quem deverá realizar o pagamento da cobrança (sacado);
  • o endereço completo;
  • qual o valor base do produto ou serviço a ser pago;
  • juros e multas - quando tiver;
  • data de vencimento;
  • código de barras.

Para trabalhar com a emissão de boletos bancários é necessário:

1.  Ter uma conta em alguma instituição bancária ou plataforma de emissão de boletos;

2.  Reunir dados do beneficiário (quem receberá a compensação) e do sacado (quem realizará o pagamento);

3.  Enviar os dados para o banco ou anexá-las à plataforma, para registrá-las;

4.  Determinar o valor-base do produto ou serviço e data de vencimento da cobrança;

5.  Acrescentar juros, multas ou descontos - opcional.

Por fim, é preciso enviar o documento para o cliente, para que o pagamento seja efetuado. O boleto deverá ser enviado para o endereço do sacado, físico ou virtual (e-mail).

Após o pagamento, em um prazo de um a três dias, o dinheiro deverá estar disponível na conta associada do emissor do boleto.

Posso emitir Boleto sendo MEI?

Sim, o microempreendedor individual pode emitir boleto. Inclusive, é recomendável que essa prática seja recorrente na empresa do MEI, já que o boleto bancário é utilizado por mais de 27% da população nacional.

Com a utilização do boleto bancário, a empresa disponibiliza mais uma opção de pagamento para que o cliente possa realizar a compra, aumentando, portanto, suas vendas.

Além disso, pela praticidade que a emissão de boletos fornece, a empresa pode focar seu tempo e energia em captar mais clientes, por exemplo.

Oferecer a opção do boleto bancário aos consumidores traz credibilidade para o negócio, bem como maturidade de mercado.

Quais os tipos de Cobranças?

Agora que você sabe que pode emitir boleto sendo MEI, é necessário entender a diferença entre os tipos de cobranças. Dessa maneira, será possível oferecer aos seus clientes as melhores opções de pagamento. Veja:

Boleto avulso

No modelo avulso, o microempreendedor irá emitir boletos por produto vendido ou serviço prestado, de forma independente. Esse formato é o ideal para compras à vista ou de parcela única e são mais utilizados para serviços específicos.

Por exemplo: se você é um fotógrafo e presta serviços em uma festa de casamento, o boleto bancário mais adequado para recebimento desse serviço, nesse caso, é o avulso.

Boleto mensal

Os boletos bancários mensais são os mais usados, por exemplo, por prestadoras de serviços, como instituições de ensino.

O boleto mensal é conhecido, também, como mensalidade. Ou seja, o seu cliente contrata o seu serviço e recebe todos os meses o boleto referente ao mês em questão. Neste formato, são enviados mensalmente, na maioria das vezes, de forma automática, enquanto sua empresa estiver prestando o serviço.

Carnê

Já os carnês de pagamento são boletos gerados, geralmente, em até 24 meses. Ou seja, os carnês são, na maioria das vezes, compromissos acordados entre empresa e consumidor.

A grande diferença entre os boletos mensais e os carnês é que os boletos mensais são gerados todos de uma única vez e, ao contrário dos boletos avulsos, são utilizados para compras parceladas e, também, compras contratuais.

É possível emitir Boleto sem estar associado ao banco?

Sim, é possível emitir boleto sem estar, diretamente, associado a algum banco. E essa é uma notícia que deve ser rapidamente divulgada para os microempreendedores individuais, pois as vantagens da utilização de plataformas com taxas mais acessíveis pode viabilizar o crescimento do seu negócio.

Em plataformas de emissão de boletos você diminui os custos com taxas e facilita a operação do processo, ao mesmo tempo em que encontra na plataforma soluções financeiras viáveis e acompanha, de perto, todas as etapas da vida útil de um boleto.

Para estabelecer e manter um negócio ativo no mercado, qualquer economia é válida, certo? Por isso, fazer uso de uma plataforma completa, prática e que possibilita uma navegação intuitiva, como a da Cobre Fácil, pode contribuir e facilitar a vida do microempreendedor, que já tem muita coisa com que se preocupar.

Quais as vantagens de utilizar o Boleto Bancário?

Quais as vantagens de utilizar o boleto bancário

Durante todo o artigo, mostramos benefícios de implementar o boleto bancário na empresa do MEI. No entanto, veja a seguir, elencadas, as vantagens da utilização do título de cobrança, de maneira geral:

  • mais uma opção de recebimento para a sua empresa;
  • possibilidade de pagamento, mesmo para aqueles que não possuem contas bancárias, pois o boleto pode ser pago em qualquer banco, lotéricas e correspondentes bancários;
  • um dos meios mais seguros de recebimento;
  • aumento de vendas, por conta da variedade de formas de pagamento que a sua empresa oferece;
  • economia para a empresa - quando os boletos forem gerados por uma plataforma como a da Cobre Fácil.

Agora que você sanou suas dúvidas sobre a possibilidade de emitir boleto sendo MEI, entendeu um pouco mais sobre como o documento bancário funciona e viu seus benefícios, que tal selecionar um sistema de emissão de boletos e incluir a melhor opção de título de cobrança para o seu negócio?

O que você achou do post?

0 Respostas

Deixe seu comentário