Como montar um orçamento de vendas eficiente

Aprenda a montar um orçamento de vendas eficiente em apenas algumas etapas e tenha acesso a um modelo pronto para o planejamento financeiro da sua empresa.

Orçamento de vendas

Dentre as etapas para construir o orçamento de vendas, estão a análise dos preços médios dos concorrentes, a definição do seu público-alvo, a estimativa de venda e crescimento das temporadas anteriores, além do aumento ou diminuição do poder aquisitivo do seu público-alvo.

Se você administra um negócio que dependa de comércio, você deve também saber a importância de um orçamento de vendas, já que é ele que vai indicar como você deve controlar o seu estoque e também o fluxo de produção da sua empresa.

O planejamento financeiro do seu negócio depende muito dessa ferramenta e, por isso, separamos algumas dicas de como elaborar um orçamento de vendas.

Você também pode conferir um modelo pronto ao final deste post.

1.  Crie uma base de dados

Com base no histórico de vendas da sua empresa, você pode criar uma base de dados para comparar os itens do seu orçamento de vendas.

Por exemplo: que tal separar, mês a mês, os gastos de produção de cada mês no ano anterior e o lucro gerado? Assim, você consegue construir uma estimativa de quanto custa sua produção e o lucro gerado a partir dela.

Além de se espelhar no histórico da sua empresa, é importante analisar a média de preço das empresas concorrentes, e também a demanda deles. Isso é importante para avaliar as condições do seu público-alvo na hora da compra.

2.  Identifique o seu público-alvo

Fator necessário para o lucro da sua empresa, identificar para quem você está vendendo e fornecendo serviços faz com que você possa projetar melhor suas ações de marketing e venda.

Você pode, por exemplo, realizar uma pesquisa de mercado. A partir dela, você prevê possíveis desafios ou oportunidades e acaba por conhecer melhor os seus clientes e, consequentemente, atende melhor às necessidades deles.

Inclusive, é possível identificar e prever momentos de crise a partir da pesquisa de condições aquisitivas do seu público-alvo ou do mercado, fazendo com que você esteja preparado para lidar com os desafios que venham a aparecer.

3.  Avalie reajustes

É muito comum que os preços sofram reajustes, e as causas são várias: inflação, aumento do valor da matéria-prima utilizada ou até mesmo a diminuição, ou aumento, do poder aquisitivo do seu público-alvo.

Se necessário, reajuste os preços. Tudo isso é possível através do cálculo pela análise do seu banco de dados, já que lá você pode identificar o preço anterior e reajustar caso necessário, tanto nos insumos quanto em outros elementos do seu orçamento.

4.  Faça estimativas

Com o auxílio do seu banco de dados, é muito mais fácil analisar o crescimento da sua empresa e estabelecer uma estimativa para as temporadas subsequentes com base no crescimento nas temporadas anteriores.

Indicar um ritmo de crescimento a partir de estimativa é importante, inclusive, na hora de controlar o seu estoque, pois assim você pode ter uma média da quantidade de matéria-prima necessária para atingir as metas da empresa, evitando desperdícios ou a falta de suprimentos.

5.  Etapas do orçamento de vendas

  • As etapas a serem incluídas no seu orçamento de vendas, basicamente, são:
  • previsão de vendas (com base na sua estimativa a partir do histórico do banco de dados);
  • preço por unidade (com reajuste de preços);
  • receita bruta (ou total, sem descontos);
  • impostos; e
  • a receita líquida (valor com impostos descontados).

Além disso, você pode incluir gastos fixos e gastos variáveis na sua conta com base nas estimativas planejadas para os próximos meses. No entanto, lembre-se que valores como gás e eletricidade podem variar durante o ano. Nesse caso, é importante revisar seu orçamento constantemente.

6.  Modelo de orçamento de vendas

Modelo orçamento venda

Por fim, separamos para você um exemplo de orçamento de vendas para você começar a planejar os próximos passos da sua empresa. Lembre-se de sempre conferir se os resultados batem com as estimativas.

Caso os valores sejam diferentes, estabeleça novas estimativas, e não se esqueça de trabalhar sempre com valores e metas realistas para o seu orçamento.

O que você achou do post?

0 Respostas

Deixe seu comentário