O que é e como funciona o pagamento recorrente?

Neste artigo você confere o que é um pagamento recorrente feito por boleto bancário e em quais situações é possível utilizar a opção.

Pagamento Recorrente

O pagamento recorrente é aquele utilizado por negócios que prestam algum tipo de serviço contínuo, pois, de modo geral, é necessário que a cobrança seja recorrente - mensalmente, por exemplo - para que o pagamento também o seja.

Ainda não ficou claro? Não se preocupe, pois, neste artigo, tiramos suas dúvidas sobre o que é, como funciona e como escolher uma plataforma de pagamento recorrente para as cobranças da sua empresa. Veja:

O que é pagamento recorrente feito por boleto?

O pagamento recorrente feito por boleto é aquele em que a empresa prestadora de algum tipo de serviço - escola, curso de idiomas, academia - emite e encaminha aos seus contratantes, durante um determinado período de tempo, geralmente, estabelecido em contrato.

Além disso, uma característica fundamental dos pagamentos recorrentes é que, de modo geral, a cobrança é enviada de maneira automática durante o período pré-determinado pelo contratante e contratado.

Assim, o processo de emissão, envio, recebimento e pagamento do boleto bancário é desburocratizado e, ainda, otimizado - já que com a utilização do pagamento recorrente é possível destinar o tempo, que antes era investido no trabalho manual de emissão e envio do título de cobrança, ao desenvolvimento do negócio, por exemplo.

Como funciona o pagamento recorrente?

Para o funcionamento efetivo do boleto de pagamento recorrente é necessário que o negócio forneça algum tipo de serviço e que a empresa responsável por ele contrate uma plataforma que se responsabilize pela emissão, envio e cobrança do pagamento.

Feito isso, o boleto de pagamento recorrente é encaminhado de maneira automatizada durante o prazo combinado - mensalmente, trimestralmente, semestralmente - sem a necessidade, portanto, de manter um colaborador responsável pela tarefa.

Como escolher uma plataforma de pagamentos recorrentes?

Antes de escolher uma plataforma de pagamento recorrente é crucial atentar-se aos benefícios oferecidos por cada uma delas, por isso o primeiro passo é analisar os serviços prestados e, também, as taxas cobradas.

Depois disso, descubra se os benefícios oferecidos correspondem às necessidades do seu negócio e, por fim, utilize as vantagens obtidas para facilitar o dia a dia da sua empresa, além, é claro, de usufruir dos reflexos positivos oriundos da sua organização financeira.

Portanto, se você é responsável por uma escola particular ou um curso de idiomas, por exemplo, saiba que a opção mais recomendada é adotar o pagamento recorrente. De outro modo, imagine o pesadelo: emitir, acompanhar, notificar e cobrar, em caso de atraso e inadimplência, mais de 500 boletos todo mês?

O que você achou do post?

0 Respostas

Deixe seu comentário