Como fazer um projeto de inovação para sua empresa?

Inovação nada mais é do que transformar uma ideia em um produto ou serviço de sucesso. Por isso, listamos algumas dicas para você, que quer iniciar um projeto de inovação, seja para começar um negócio do zero ou para implementar na sua empresa.

Projetos de inovação

Formular um escopo, planejar uma ação, desenvolver o plano, testar a ideia e monitorar os resultados são etapas extremamente necessárias ao pensar em um projeto de inovação para a sua empresa.

Com um mercado tão competitivo, saber a hora de mudar e melhorar ou mesmo começar um negócio é uma necessidade. Porém, fazer a gestão e a execução de um projeto de inovação é uma tarefa que exige as práticas certas. Com certeza, você é capaz de tirar do papel ideias capazes de gerar mudanças e efeitos positivos para o seu público-alvo.

A transformação digital, que é o processo de substituir formas tradicionais de fazer negócios por alternativas digitais, desde implementar sistemas de gestão automatizados até trabalhar de forma remota, foi o que trouxe maior concorrência e também tornou o consumidor mais exigente.

Já não é o suficiente oferecer um serviço que diversas outras empresas já oferecem ou seguir com processos internos ultrapassados no seu negócio. Para não ficar para trás, a melhoria precisa ser contínua e aí mora o trabalho de inovação. Neste artigo, listamos algumas ideias de como inovar na sua empresa. Vamos conferir?

O que é um projeto de inovação

Criar um projeto de inovação nada mais é do que inovar. Entretanto, não precisamos revolucionar como algo vem sendo feito, mas modificar velhos costumes e serviços, identificar o ciclo de vida de um produto e entender o que pode ser melhorado. Você pode, inclusive, otimizar processos ou até mesmo legislações.

Esse tipo de plano sempre vai surgir da necessidade de criar novos rumos para o negócio ou estratégias diferentes das usadas no momento atual para atingir um objetivo específico mais para frente.

Assim, é possível solucionar problemas que a empresa ou o mercado tenham e mesmo antecipar questões que, hoje, ainda não chegam a ser um problema. Tomar essa atitude permite estar à frente dos concorrentes e oferecer uma melhor experiência para os clientes e, quando se trata de melhoria interna, para a própria equipe e para o negócio como um todo.

A diferença de uma ideia que tem a inovação como objetivo para outros projetos comuns está justamente em quebrar padrões com os quais todos já estão acostumados e até mesmo acomodados, trocando por ações mais eficazes.

Por envolver mudanças, é preciso planejar bem, pois mudar sempre envolve riscos que precisam ser devidamente calculados.

Ebook conquistando a inadimplência zero

eBook enviado com sucesso!

Acesse seu e-mail para ler o eBook e fazer seus clientes pagarem em dia.

Como fazer um projeto de inovação

Nossa lista para começar e implementar um projeto inovador na sua empresa conta com cinco passos básicos, mas essenciais para que seja possível que seu projeto atinja o sucesso. Dificilmente um plano de inovação que não tenha pensado nessas etapas pode ter conseguido inovar de fato.

1.  Escopo

Quando temos uma ideia, podemos nos deixar levar pela empolgação do primeiro momento (e isso também é importante!), mas é preciso responder algumas questões antes de partir para a prática.

Uma pergunta fundamental a ser feita é se essa ideia é financeira e tecnicamente possível. Se não existir verba ou conhecimento suficiente para aplicá-la, a ideia já encontrará um grande obstáculo. Ao responder essa pergunta, você pode entender se é possível captar verba ou contratar mão de obra, por exemplo.

Também é importante responder quais necessidades ou desejos do seu cliente estarão sendo satisfeitos e se a sua empresa é capaz de atender a essa demanda criada.

Fazer essas perguntas e respondê-las é criar o escopo do projeto, que é uma primeira organização dessa ideia, para que seja possível fazer os ajustes necessários antes de investir nela de fato e até mesmo para desistir e começar de novo, caso a conclusão seja de que não será viável praticá-la.

2.  Planejamento

Se o escopo mostrar que o caminho para aplicar sua ideia é viável, você terá um escopo inicial aprovado e pode partir para o planejamento. Planejar é fazer um passo a passo do que precisará ser feito, como estamos fazendo nesta lista.

É sobre definir como o trabalho será executado, quem fará cada tarefa e conseguir visualizar o todo, se todas as partes estão unidas de forma correta, para evitar erros quando a ideia for colocada em prática. Pense em tudo o que poderia levar sua estratégia a falhar e vá aparando as arestas até sentir que o plano está pronto para ganhar vida.

3.  Desenvolvimento

Aqui, você vai executar cada ação proposta no passo anterior. Tenha certeza de que cada pessoa da equipe conhece o seu papel e a importância de fazer a execução correta do que está sendo proposto.

Lembre-se que o planejamento não foi feito à toa, inclusive, você certamente precisará dedicar muito tempo para criá-lo, e é importantíssimo segui-lo para que o projeto de inovação seja bem sucedido.

4.  Testes e implementação

Quando o projeto estiver desenvolvido e todos tiverem certeza que o planejamento foi seguido como deveria, é hora de testar. Você pode fazer testes dentro da própria empresa e com consumidores também. Conhecer a jornada de compra do cliente, por exemplo, é primordial.

Conforme os testes forem sendo satisfatórios, você pode aumentar o alcance do seu produto ou serviço para um público maior.

Garanta que essa etapa aconteça, pois lançar um produto não testado no mercado pode representar grandes chances de dar errado. É com os testes que você corrige detalhes que passaram despercebidos nas etapas anteriores e pode implementar seu plano com mais segurança.

5.  Monitoramento

Depois da implementação, a inovação continua! Toda ideia realmente inovadora deve ser monitorada e o gestor deve sempre verificar como a sua inovação está indo e fazer constantes manutenções conforme o cenário vai mudando. Quando falamos de inovação, acomodação não é algo que podemos nos dar ao luxo de deixar existir.

Mesmo sendo muito bem testado, um produto ou serviço pode apresentar outros pontos que precisem ser aprimorados. Isso é normal, já que a inovação chegará para um número maior de pessoas depois que for implementada. E ainda bem, pois assim é possível corrigir quaisquer falhas e deixar a ideia ainda melhor!

Exemplos de projetos inovadores para empresas

Para inspirar você a entrar nesse universo de inovação, trouxemos três ideias de projetos inovadores para empresas.

1.  Brainn.co

Essa empresa surgiu em 2017 por causa da frustração dos seus fundadores com um mundo repleto do que eles chamam de "vítimas de softwares ruins".

Para resolver essa questão, eles decidiram se propor a desenvolver produtos de qualidade desde o começo criando a Brainn.co: produtos digitais pensados de maneira completa, desde a pesquisa com usuários, design e interface até planejamento e codificação.

Para eles, a inovação surgiu a partir de uma dor muito latente no mercado e então eles arregaçaram as mangas para buscar oferecer um caminho diferente. Consegue imaginar a complexidade das etapas dessa ideia? Mesmo assim, os idealizadores superaram barreiras para um plano plenamente possível, tanto é que a empresa é um sucesso.

2.  Brasil Ozônio

Outro caminho muito legal que projetos de inovação podem tomar é trazer sustentabilidade para os negócios. A Brasil Ozônio, por exemplo, oferece soluções para tratamento, limpeza e esterilização de resíduos e ambientes, mas com o diferencial de serem desenvolvidas a partir do gás ozônio, um recurso abundante, mas até então não muito utilizado.

A empresa consegue atuar na limpeza de lagos e piscinas, tratamento de poços artesianos e até na desoxidação e sanitização de materiais cirúrgicos.

3.  Quinto Andar

Um exemplo bem interessante do ramo imobiliário é a Quinto Andar. Criada em 2013, a startup nasceu com a ideia de facilitar o processo de aluguel de imóveis. Só quem já precisou alugar um imóvel sabe a burocracia que é, além de raramente encontrar informações completas e imagens que mostrem a realidade do imóvel.

A solução encontrada foi desenhar um projeto capaz de ajudar proprietários a construírem informações completas e com imagens fiéis ao estado dos imóveis, além de facilitar a contratação do aluguel de maneira online, sendo possível o envio de documentos pela própria plataforma, ganhando tempo para todos os envolvidos.

4.  imobles

Já a empresa goiana imobles vem crescendo no mercado imobiliário com a venda de imóveis e também por conta da inovação proposta: é a primeira startup da área dedicada a oferecer consultoria na área.

O modelo já é bem conhecido e utilizado nos Estados Unidos, mas é uma novidade no Brasil, o que fez com que a startup recebesse um aporte de R$ 7 milhões das ventures FEBA Capital e Terracotta.

A meta da imobles é facilitar o processo de compra e venda de imóveis, com foco em ajudar o investidor e auxiliar nos financiamentos imobiliários para fechar negócios.

Os exemplos aqui citados foram de ideias criadas do zero, para as quais indica-se, inclusive, que seja feito um plano de negócios, mas você certamente pode olhar para um negócio já existente, se esse for o seu caso, e buscar maneiras de inovar também nos seus produtos ou serviços.

Mesmo internamente, você pode pensar no que mudar para deixar sua equipe mais produtiva e satisfeita, o que também renderá bons frutos no futuro.

Como apresentar um projeto de inovação à empresa

Assim que tiver o planejamento do seu projeto de inovação em mãos, você precisará apresentá-lo, seja para a sua equipe entender quais serão os próximos passos ou para terceiros, se estiver buscando investidores ou apoio para desenvolver o projeto.

Na hora de definir os slides, pense nos seguintes tópicos para nortear a sua argumentação:

  • Tema: de onde surgiu a ideia?
  • Objetivo geral: qual seu maior propósito com esse plano.
  • Objetivos específicos: pontue objetivos menores necessários para atingir o objetivo geral.
  • Justificativa: esclareça o quanto seu plano é viável e por que ele deve ser levado adiante.
  • Metodologia: explique todas as etapas desenhadas no seu planejamento.
  • Atividades: mostre as ações necessárias para cumprir os objetivos estabelecidos.
  • Acompanhamento: conte como será feito o monitoramento do projeto até a implementação e depois de implementado, quais avaliações serão feitas e como a ideia será propagada.
  • Encerramento: motive seus ouvintes a querer fazer parte dessa ideia com você.

Agora que você já sabe como começar a fazer um projeto de inovação para sua empresa e conferiu algumas inspirações, que tal resgatar suas melhores ideias e iniciar seu escopo hoje mesmo?

O que você achou do post?

0 Respostas

Deixe seu comentário