Manual de planejamento estratégico, tático e operacional

Toda empresa que deseja alcançar o sucesso precisa traçar objetivos cada vez mais ambiciosos e, para isso, precisa implementar os planejamentos estratégico, tático e operacional.

Planejamento estratégico tático operacional

O planejamento estratégico é popular por ser uma das formas primordiais para o crescimento da empresa, sendo este dividido entre dois outros planejamentos: o tático e o operacional. Juntos, eles criam etapas que se relacionam da forma perfeita, colocando em prática todos os projetos que, até então, não saíam do papel.

Nas grandes empresas, essa tríade é importante para organizar a totalidade de recursos disponíveis para uma evolução constante nos negócios. A partir desses métodos, é possível projetar um futuro mais realista e seguro.

Este artigo tem a finalidade de explicar o planejamento estratégico, tático e operacional para que seja inserido ou tenha a sua execução reavaliada dentro da organização, buscando resultados cada vez melhores.

O que é planejamento estratégico, tático e operacional

Ebook conquistando a inadimplência zero

eBook enviado com sucesso!

Acesse seu e-mail para ler o eBook e fazer seus clientes pagarem em dia.

Planejamento Estratégico (PE)

Esse planejamento é realizado a partir de objetivos a longo prazo, normalmente considerando 5 a 10 anos, e quem os cria são os responsáveis pelos cargos mais altos da empresa, como CEO, presidente e diretor.

O planejamento estratégico é o responsável por guiar todas as macroáreas da empresa, pensado totalmente no futuro com uma visão contínua de decisões que objetivem níveis cada vez mais altos para a empresa atingir.

Faz também parte do PE produzir a missão, visão, valores, metas e objetivos da organização, sendo este o plano central a partir do qual saem todos os outros também responsáveis pelas estratégicas e evolução do negócio. Um exemplo é fazer um plano de contas para ser implementado pelo financeiro da empresa.

Planejamento Tático (PT)

A característica específica do planejamento organizacional tático é trazer os planos estratégicos para a prática a fim de atingir os objetivos traçados. Para isso, delimita e distribui esses objetivos entre os setores da organização, que devem atingi-los em níveis departamentais.

Para que tudo isso ocorra bem, é fundamental todos os indivíduos estarem cientes da missão do seu grupo. Os responsáveis por esse tipo de planejamento são os gerentes de equipe, que possuem o prazo entre 1 a 3 anos para alcançar sua meta.

No caso do exemplo acima, sobre o plano de contas, o planejamento tático seria buscar maneiras de viabilizar a implementação do plano de contas, como encontrar um sistema de gestão financeira ideal para as necessidades traçadas.

Planejamento Operacional (PO)

Sabe todos os planejamentos estratégicos realizados que o planejamento tático organizou e distribuiu entre setores da empresa? Agora, no nível operacional da estratégia, eles serão colocados em prática diariamente.

Aqui, são definidos o que e como as tarefas serão realizadas para atingir todos os objetivos que foram traçados lá no comecinho, no planejamento estratégico, objetivando que tudo se cumpra conforme os parâmetros definidos pela empresa.

Também é no planejamento operacional que os recursos financeiros são definidos, bem como os colaboradores responsáveis por cada função e os prazos para entrega de resultados, que variam entre 3 meses a 1 ano.

Veja também:
Como fazer uma pesquisa de mercado
10 principais indicadores financeiros de uma empresa
Ciclo financeiro: entenda o que é e como pôr em prática

Exemplo de planejamento estratégico, tático e operacional em uma empresa

Preparamos um exemplo simples, baseado numa empresa e-commerce de papelaria. Lembrando que, aqui, não teremos análises profundas, mas sim uma demonstração de cada nível de planejamento.

Confira!

Exemplo de planejamento estratégico

  • Objetivo: dobrar o número de clientes fidelizados em até 5 anos.
  • Diagnóstico: noção de valor superior em relação aos serviços do principal concorrente, mas público-alvo mais restrito e discreto.
  • Método:
               -  Criar um setor de produto para atrair um novo público
               -  Investir na relação próxima dos clientes
               -  Fortalecer a presença da marca online

Exemplo de planejamento tático

  • Fazer uma pesquisa de mercado para melhor entender o público-alvo.
  • Listar produtos adequados que se encaixam no tema do e-commerce.
  • Atualizar a paleta de cores conforme as novas tendências.
  • Realizar concursos premiados.
  • Criar um fluxo de marketing de conteúdo no site, blog e redes sociais focado em estudos e organização.

Exemplo de planejamento operacional

  • Administradores: análise da possibilidade de novos produtos e seleção de itens correspondentes com a marca para produção.
  • Equipe de criação de conteúdo: pesquisas sobre métodos de estudos, organização e dicas sobre os respectivos temas.
  • Equipe de designers: criação de novos produtos selecionados e templates de conteúdo.

Diferença planejamento estratégico, tático e operacional

Para deixar cada nível mais claro ainda, é necessário entender que o planejamento estratégico é aquele acima dos demais, possui planos mais genéricos e objetivos mais gerais e a longo prazo, além de ser administrado por menos pessoas.

O nível tático é o intermediário, aquele que liga o estratégico ao operacional através das definições de ações por departamento e é conduzido pelos gerentes.

Por fim, o operacional é a mão de obra de todo planejamento, define resultados específicos e objetivos para serem cumpridos a curto prazo e são os supervisores que fiscalizam as ações.

Agora que você já compreendeu os conceitos de planejamento estratégico, tático e operacional e as suas diferenças, está na hora de analisar a sua empresa e reconhecer o andamento de cada nível para saber se eles funcionam conforme a pirâmide objetivando trazer os melhores resultados.

O que você achou do post?

1 Resposta

Deixe seu comentário