5 relatórios gerenciais que todo gerente deve entregar

Seja grande ou pequena, toda empresa precisa controlar os seus resultados financeiros e de produtividade, avaliando e buscando soluções que melhorem cada vez mais a saúde da empresa através de ações estratégicas.

Relatório gerencial

Relatórios gerenciais são importantes documentos para quem possui uma empresa, pois é através deles que é possível verificar o desempenho e entender o cenário da organização, podendo assim tomar decisões que visem a melhora e crescimento no mercado.

O responsável por gerenciar a empresa deve realizar reuniões ágeis e objetivas agendadas com antecedência e de forma relativamente frequente, como mensalmente ou trimestralmente, que tragam esses relatórios para uma análise em grupo a fim de encontrar soluções e traçar novas metas e objetivos.

Abaixo, trouxemos algumas dicas que podem ajudá-lo a entender como criar o seu próprio relatório gerencial, além de alguns exemplos mais utilizados nas empresas e que mais influenciam no funcionamento de um negócio de sucesso.

Como fazer um relatório gerencial de uma empresa

O documento deve ser breve, ou seja, ir direto ao ponto e evitar o desvio do foco do objetivo. Ao criá-lo, tenha em mente público-alvo, como ele será apresentado e onde será utilizado.

Confira algumas dicas essenciais!

  • O primeiro item a ser tratado no relatório é o motivo pelo qual ele foi feito.
  • Priorize informações relevantes: no relatório só devem constar informações que são importantes para a análise e desenvolvimento da empresa.
  • Adote um indicador de desempenho e o utilize no relatório, ele tornará os resultados mais assertivos.
  • Prepare-se para apresentar o relatório, tomando cuidado com o número de informações que ele contém, filtrando somente os dados mais relevantes para que não torne a reunião cansativa. Além disso, utilize uma linguagem adequada ao público e evite termos técnicos demais, facilitando o acesso às informações.
  • Selecione os responsáveis pela produção dos relatórios, escolhendo uma empresa reconhecida pela qualidade de imagem e impressão. Lembre-se de conferir a gramática e os gráficos antes do envio final. Quando pronto, os armazene-o em local seco e seguro até a apresentação.

5 principais tipos de relatórios gerenciais

Ebook conquistando a inadimplência zero

eBook enviado com sucesso!

Acesse seu e-mail para ler o eBook e fazer seus clientes pagarem em dia.

1.  Relatório de controle

O relatório de controle é muito usado em duas situações mais específicas: controle de estoque e supervisão de desempenho.

No primeiro, verifica-se os materiais e o desperdício de insumos, já no segundo é realizada a supervisão das metas, fornecendo ao gestor as necessidades de matéria-prima e andamento da busca dos objetivos da empresa.

2.  Relatório financeiro

Esse é um dos relatórios mais importantes e necessários de toda empresa, funcionando como um balanço geral das finanças e contendo o fluxo de caixa com as entradas e saídas que envolvem contas a pagar, contas a receber, cotação de inadimplência e todo e qualquer valor que seja fundamental para um planejamento financeiro e administração do capital de giro.

Normalmente, necessitam de mais tempo e atenção para serem desenvolvidos.

3.  Relatório de satisfação

O relatório de satisfação necessita da criação de uma pesquisa de satisfação que deve ser realizada com o público-alvo, o qual podem ser consumidores, clientes ou os próprios colaboradores.

Com o primeiro e o segundo, o intuito é entender como está o recebimento dos produtos no mercado, receber sugestões e elogios. Já com o terceiro, o objetivo é consultar o ambiente de trabalho e melhorá-lo. Ambos envolvem questões de feedback.

4.  Relatório de análise

Esse tipo de relatório recolhe informações da empresa e apresenta conclusões e soluções para os problemas identificados. É o documento mais comum entre os relatórios gerenciais, pois podem ser aplicados em qualquer setor e situação do seu corporativo.

5.  Relatório de crescimento

Através de uma linha do tempo, o relatório de crescimento apresenta informações pertinentes ao desenvolvimento de cada setor dentro da empresa. Ele pode ser realizado também somente de forma específica, fornecendo os dados sobre o departamento que se desenha analisar.

Importância de se fazer um relatório gerencial

Toda empresa, não importa o seu porte, precisa estar atenta ao seu desempenho, pois assim é possível realizar planejamentos, por exemplo, para expandir no mercado, lançar novos produtos e serviços, contratar mais colaboradores ou melhorar os equipamentos da organização trazendo mais tecnologia e praticidade.

Isso só é possível analisando os resultados em equipe, sabendo a opinião dos consumidores, recebendo sugestões de quem trabalha na empresa, cuidando da saúde financeira, do ambiente de trabalho e valorizando os colaboradores e os conhecimentos que eles possuem.

Os relatórios trazem resultados mais certeiros, ajudando gestores e empreendedores a tomarem decisões importantes baseadas em dados reais que diminuem as chances de erros e prejuízos, garantindo o sucesso de maneira assertiva.

Modelo de Relatório Gerencial

Modelo relatório gerencial

Como a gente pode concluir, esse tipo de relatório não tem um modelo único, uma vez que pode ser utilizado para diversos setores da empresa.

De toda forma, nossa sugestão é que seja feito, mesmo que de maneira simples, utilizando ferramentas que você já deve conhecer, como o Excel.

Confira!

O que você achou do post?

1 Resposta

Deixe seu comentário