5 estratégias para construir um negócio de sucesso

Não basta apenas ter o produto e querer entregá-lo ao mercado com alto custo, é preciso criar uma boa estratégia de negócio para obter sucesso. Confira cinco estratégias básicas para dar início ao seu empreendimento.

Estratégia de negocio

Para criar estratégias de negócio é preciso conhecer todas as vertentes financeiras da empresa, como os relatórios de cobrança, recebimento e pagamento de fornecedores. Isso porque, são estes indicadores que permitem que o gestor encontre soluções para os problemas atuais e futuros da empresa.

Em outras palavras, é a partir dos dados financeiros organizados que é possível traçar metas, objetivos e construir estratégias eficientes em cima de um planejamento seguro.

Ao longo da trajetória empresarial, é importante que os gestores e colaboradores saibam como agir e quais ferramentas utilizar para enfrentar qualquer período incerto no mercado financeiro.

5 estratégias de crescimento de uma empresa

Ao iniciar no mundo dos negócios, o empreendedor se depara com inúmeras funções, algumas burocráticas como o registro de marcas, impostos e cadastros. Por outro lado, outras são totalmente administrativas, como o planejamento do negócio, desenvolvimento de produtos, pesquisa de mercado e de público-alvo.

Com tantas funções, é comum que o empreendedor fique com dúvidas a respeito de como iniciar no mercado competitivo e, ao mesmo tempo, de como crescer sem utilizar métodos financeiros arriscados.

Conheça algumas estratégias que podem auxiliar no crescimento empresarial, trazendo segurança, estabilidade e resultados positivos.

1.  Ter um plano de negócios

A criação de um plano estratégico é fundamental para o crescimento, especificado a estrutura da organização, principalmente em relação ao financeiro, quais os valores investidos, capital de giro e previsão de lucros anuais.

O plano de negócio deve servir como base para o desenvolvimento das estratégias. Por exemplo, se no documento foi pressuposto que o crescimento anual deve ser X, as estratégias de negócio devem considerar esse planejamento.

Isso para que o valor estimado seja cumprido de acordo com o prazo descrito.

2.  Incorporar os planejamentos na rotina da empresa

O planejamento e as estratégias podem trazer resultados e desenvolvimento excelentes, porém, de nada adiantarão se as mesmas não foram colocadas em prática diariamente.

Por isso, é essencial discutir com os colaboradores e com os envolvidos a respeito do que está sendo desenvolvido em prol do crescimento da organização.

Desta forma, os setores responsáveis pela produção, entrega e recebimento, poderão auxiliar o gestor com as questões que funcionam no dia a dia empresarial, por exemplo.

Assim como poderão descartar ações difíceis de serem colocadas em prática no funcionamento diário do setor, de maneira que o empreendedor consiga organizar e estipular metas e objetivos que serão incorporados na rotina de trabalho facilmente.

3.  Controle financeiro detalhado

O controle financeiro deve ser detalhado, pois com essa minúcia o empreendedor consegue saber como investir adequadamente.

Isso quer dizer que é fundamental ter controle de entradas, saídas e principalmente de cobranças, pois são estes fatores que proporcionam um crescimento saudável e de sucesso.

Procure por sistemas e plataformas completas que possam auxiliar o controle dessa área de gestão financeira.

Busque por uma plataforma de gestão financeira, como a da Cobre Fácil, com a qual é possível emitir boletos bancários, além de carnês e cobranças recorrentes, oferecendo variedade e facilidade de pagamento ao seu consumidor, sem deixar de oferecer um acompanhamento das faturas ao empreendedor.

Isto é, o gestor consegue controlar os relatórios de débitos, os pagamentos atrasados até os que se encontram em situação de inadimplência.

Para que o número de inadimplentes não aumente, a plataforma da Cobre Fácil, também oferece o envio automático de avisos de cobrança, alertando o cliente do seu débito, dias antes do vencimento, na data estipulada e também após o período acordado.

Para facilitar ainda mais a gestão, o sistema de cobrança da Cobre Fácil pode ser integrado a outros sistemas financeiros, através da API de pagamento.

Ebook conquistando a inadimplência zero

eBook enviado com sucesso!

Acesse seu e-mail para ler o eBook e fazer seus clientes pagarem em dia.

4.  Mantenha o capital de giro suficiente

Para isso, faça os cálculos de qual o valor mensal precisará ter em caixa para que a saúde financeira da sua empresa se mantenha estável para passar o mês — ou até um período maior de tempo.

Afinal, é comum que nos primeiros meses de funcionamento não se receba entradas expressivas capazes de quitar as despesas mensais.

5.  Crie estratégias de negócio

Criar estratégias, desde o planejamento e primeiros passos do negócio faz com que o aumento da competitividade seja seguro, preservando a qualidade do produto e do serviço oferecido.

Através da execução das estratégias, é possível saber “o que” entregar, “para quem” e “quando” investir: essa sequência de "Qs" traz bons resultados, como o aumento das vendas, por exemplo.

A importância da estratégia de negócios

A estratégia, por sua vez, é responsável por colocar essas respostas em andamento, ou seja, fazer com que o planejamento seja executado.

Para isso, o gestor responsável pelas estratégias deve conhecer o fluxo de caixa, ter total domínio das negociações com fornecedores e incluir os funcionários na execução das ações.

Sendo assim, é primordial que os colaboradores sejam qualificados para a execução das estratégias planejadas, que quando feitas de maneira errônea, podem até mesmo trazer prejuízos para a empresa.

Tais estratégias são importantes para alavancar os negócios no mercado de maneira segura e saudável, sem arriscar o caixa ou o patrimônio da organização, independentemente de qual seja o porte.

Por isso, é válido ressaltar que tão importante quanto ter estratégias financeiras, é saber desenvolvê-las de acordo com as particularidades da empresa.

Etapas para a elaboração de estratégia de negócios

Para desenvolver as estratégias, é preciso conhecer dois fatores importantes: o primeiro é a realidade atual das finanças. Já o segundo é saber qual o propósito da empresa.

Comece fazendo um estudo sobre a parte financeira e produtiva dos negócios, pesquisando os valores em relação a custos e benefícios.

Estudar os problemas atuais que podem estar acontecendo com o seu negócio, conferir a situação da carteira de cliente e buscar pelo feedback de antigos consumidores, para entender a experiência que eles possuem com a empresa são meios para entender as necessidades da sua empresa.

Afinal de contas, esses dados coletados podem indicar até mesmo possível queda nas vendas, por exemplo. Por isso, busque estudar os gastos/custos dos produtos e compará-los com o valor de receita mensal que entra no seu caixa.

Após analisar as necessidades, pode-se desenvolver estratégias de retenção de gastos ou programas exclusivos para aumento das vendas, por exemplo.

Como criar um modelo de estratégia de negócio

Estipule as ações que devem ser colocadas em práticas em determinadas circunstâncias, assim as soluções tendem a ser mais rápidas e os prejuízos menores.

Por exemplo, crie uma estratégia financeira que possa ser colocada em prática sempre que os gastos foram mais altos que o valor da receita.

Desta forma, o caixa financeiro pode ser equilibrado, antes que prejuízos maiores aconteçam.

E é importante repetir: desenvolva uma boa gestão de cobrança, que permita com que o gestor tenha controle sobre os valores recebidos mensalmente. Ou seja, sabendo o valor exato de receita, é possível estipular ações, investimentos e ferramentas necessárias para que as metas e os objetivos sejam executados.

Por isso, para desenvolver qualquer estratégia, é preciso que a gestão de cobrança esteja funcionando corretamente, assim o gestor pode estipular os métodos financeiros com segurança e estabilidade.

O que você achou do post?

0 Respostas

Deixe seu comentário